sábado, 21 de março de 2015

Babilônia

Infelizmente mentes ímpias querem ressuscitar Babilônia! Agora made in Brasil! O nome desta famosa cidade bíblica se refere também à torre de Babel. Em Babilônia havia cinquenta e três templos pagãos onde perdurava o sincretismo. Sob o comando de Nabucodonosor (uma espécie de Hitler da época), Babilônia destruiu a Cidade Santa de Jerusalém em 597 a.C.

Falando de grosso modo, pensando no Apocalipse, este título faz referência à prostituição, entendida com seus crimes e pecados cometidos contra Deus e seus filhos. O próprio livro explica o significado secreto de Babilônia: “A grande Babilônia, mãe de todas as prostitutas e de todas as pessoas imorais do mundo” (Ap 17, 5).

O que dizer de duas senhoras de oitenta e seis anos se beijando? Babilônia!

Cenas casuais de sexo e assassinato? Babilônia!

Golpe do baú e traição? Babilônia!

Triângulo amoroso e prostituta de luxo? Babilônia!

Público pronto? Tratar com naturalidade? Espaço para o amor? Romance sério? Noite feliz? Beijo gay de terceira idade? Não! Isto não pode ser amor nem aqui nem no inferno! Felicidade? Jamais! Romance? Decadência! Naturalidade? Monstruosidade! Que público? Espaço? Nos nossos lares? Só quem for conivente e babilônico! Somente daqueles que já transformaram suas igrejas domésticas e santuários da vida em torres de babel! De fato, este é outro golpe baixo do baú do diabo que vem com toda sujeira, corrupção e decadência do mal deste mundo jogando na sala da tua casa, na tua cara e na cara dos teus filhos. Que decadência, católico! Que decadência, evangélico! Que decadência, homem e mulher de boa índole!

Em um momento tão crítico da história deste país, Babilônia e Big Brother não podem nos trazer luz, paz e esperança. Desperta povo! Deus destruiu Babilônia! Não permita que ela seja levantada com o material e mão de obra do Brasil! Não precisamos de Babilônia! Queremos Jerusalém! Queremos ordem e progresso! Queremos Deus e os valores autênticos e imortais! Queremos o amor e a paz! Queremos a segurança, o respeito e a prosperidade completa!

Unidos pelo Avivamento da nova Jerusalém e pela destruição da nova Babilônia!

Padre Eduardo Braga (Pe. Dudu)
Vice Postulador da Causa da Canonização da Beata Elena Guerra
Pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição
Rio Bonito, RJ
Postar um comentário