domingo, 20 de dezembro de 2009

Adventum


No calendário litúrgico da Santa Igreja está vivenciando o advento, que é o inicio de mais um ano litúrgico. “Adventum”, palavra latina, que quer dizer “chegada”, ou seja, tempo de preparação para a chegada do Senhor Jesus(Natal) e sua vinda no final dos tempos. No ano litúrgico, Jesus é o centro e o domingo(Dia do Senhor) é o seu fundamento e núcleo, donde o ano litúrgico se desdobra para diversos aspectos do único Mistério Pascal.
O Natal tem seu incio no primeiro domingo do Advento terminando com a Festa do Batismo do Senhor.
Partilha

O que mais vemos nos Natais da vida, são pessoas feridas e fechadas para o nascimento do Menino Deus, e não se abrem para o novo. Neste Natal quero pedir a você meu irmão que está lendo essa nossa última partilha neste ano de 2009, se abra, escancare o seu coração, para que no ano de 2010, possa dizer estou livre para o que queres de mim. Tantos Natais passam e as pessoas ficam do mesmo jeito, se você vai para aquela Missa linda de todo ano no dia 25 de dezembro e sai da mesma maneira que entrou eu lhe convido a fazer a experiência de chegar mais cedo para olhar o Presépio que a maiorias das Paróquias montam, e rezar contemplando Jesus, se coloque naquele lugar e sinta-se amado por Nossa Senhora e São José, se não tem na sua, reze e peça a Jesus que nasça no seu coração mesmo que sua vontade seja de não fazer.
Em 2009 o Senhor me chamou a vivenciar um ano de vitórias, e me colocava que esse ano que aproxima é ano de viver de um novo, de viver livre para a Sua vontade em minha vida. Uma das vitórias foi ter conseguido fazer essa imagem para o topo do blog (Rsrsrsrsrsrs).
Portanto só passei para lhe desejar um Feliz Natal, que Jesus nasça no seu coração, para que o novo aconteça em você e nos que te rodeia, esse novo vai romper as correntes, sarar as feridas e fazer renascer o coração morto, para ele possa dizer:

“Abri-me para o novo, por isso estou aqui Senhor, livre para o que queres de mim”.

Feliz Natal e Um Ano Novo Cheiooooooooo do Amor de Jesus no seu coração.

Até mais em breve!(05/01/2010)

De seu irmão em Cristo
Diego Tales.
Read More

sábado, 19 de dezembro de 2009

Basta Confiar saber Esperar




Hoje mais uma surpresa de Deus em minha vida, até o dia de ontem não tinha comparado a passagem para ir para São Paulo agora em Janeiro, e ontem mãe disse que não teria como conseguir uma passagem para Janeiro pois é mês de férias, mais eu disse que Deus providenciaria uma passagem para a metade do mês e disse ainda essa semana, gosto sempre de ir dormir rezando o terço, e pedi a Nossa Senhora ontem que passasse a frente mandasse uma bendita passagem, hoje meu tio ligou e conseguiu as passagens até antes da data que eu queria.
Basta confiar meu irmão, se lhe faltam as forças para alguma coisa, ou talvez já tenha desacreditado, entregue nas mãos da Virgem Maria um método seguro e rápido para se chegar ao Coração de Jesus.

Abraços.
Diego Tales
Read More

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

“Deus nos prova para aprovar”.

Meditemos no diálogo de Jesus com seus discípulos colhido do capítulo 9 versículos 18 a 20 do evangelho de São Lucas. Num dia em que Ele estava a orar a sós com os discípulos, perguntou-lhes: Quem dizem que eu sou? Responderam-lhe: Uns dizem que és João Batista; outros, Elias; outros pensam que ressuscitou algum dos antigos profetas. Perguntou-lhes, então: E vós, quem dizeis que eu sou? Pedro respondeu: O Cristo de Deus.

Nesta meditação entremos no contexto da época e vejamos que muitos eram os questionamentos sobre Jesus, existiam vários deuses e várias crenças como hoje, mas era a respeito d’Ele que se cumpriam todas as profecias, eram suas palavras que faziam arder os corações, seus gestos de amor que convertiam multidões.

E nesses dias, num momento de intimidade vocacional, como diz a palavra, a sós com seus amigos, (Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai). Jo 15,15, Jesus, que conhece os corações de todos, os pergunta sobre Ele mesmo, e escuta a sábia resposta de Simão Pedro, aquele a quem depois de tantas provas de amor ao mestre e também depois de negá-lo três vezes, recebe das mãos do Messias a missão de conduzir Sua Igreja. (E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela). Mt 16,18

Pedro foi provado, Jesus mesmo o advertiu, (Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como o trigo; mas eu roguei por ti, para que a tua confiança não desfaleça; e tu, por tua vez, confirma os teus irmãos). (Lc 22, 31-32)

Podemos dizer que Pedro foi aprovado em seu tempo de prova. O messias que conhece seu coração sabe que sua queda não foi intencional, perdoou sua covardia e o confirmou para apascentar as ovelhas do Reino de Deus.

E Você? Qual tua prova? O que Jesus tem te pedido?

Mesmo provado, deixe o seu coração sinceramente responder essa pergunta ao Mestre: E você quem diz que eu sou?

Qual a resposta Jesus escutará de ti?

Quanta doçura há em alegrar o coração de Deus com respostas sábias e sinceras como as de Pedro.

Que o Senhor encontre em seu coração santos comportamentos, mesmo em tempos de prova. Mesmo quando tudo parecer difícil.

Maria Duarte
Professora da Escola de Formação
Read More

domingo, 6 de dezembro de 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Bento XVI

Cristo veio para dar testemunho da verdade, afirma Papa

“É o poder do amor, que sabe extrair o bem do mal, comover o coração endurecido, levar a paz onde existe conflito, acender a esperança onde não tem luz”. Com estas palavras, o Papa Bento XVI, em seu discurso antes da oração do Ângelus, neste domingo, 22, explicou que o poder real de Jesus não é o poder dos reis e dos grandes deste mundo. É o poder divino que doa a vida eterna, que liberta do mal e vence o domínio da morte. “Este Reino de Graça não se impõe, mas respeita sempre a nossa liberdade. Cristo veio para dar testemunho da verdade”, completa o Pontífice.

Bento XVI ressaltou também, a partir da solenidade de hoje de Jesus Cristo, Rei do Universo, que o título de “rei” atribuído a Jesus é muito importante nos Evangelhos e dá uma leitura completa de Sua pessoa e Sua missão de salvação. De acordo com o Pontífice, da expressão “rei dos judeus”, se chega ao título “Cristo, Rei do Universo, Senhor do cosmo e da história”.

O Papa destacou que “no centro deste percurso de revelação da realeza de Jesus Cristo está mais uma vez o mistério de sua morte e ressurreição. Enquanto Filho de Deus, Jesus se entregou livremente à paixão, que significa a vitória do amor de Deus Pai sobre a desobediência do pecado. É oferecendo-se no sacrifício de expiação que Jesus se torna o Rei do Universo, como Ele mesmo declara aparecendo aos apóstolos depois da ressurreição.”

Bento XVI ressaltou ainda a necessidade de que cada pessoa faça uma escolha. “A quem devo seguir? Deus ou o maligno? A verdade ou a mentira? Escolher Jesus Cristo não garante sucesso segundo os critérios do mundo, mas garante aquela paz e alegria que somente Ele pode dar”, frisou o Papa.

Ao explicar sobre a paz que vem de Cristo, o Pontífice declara que ela foi vivida por homens e mulheres que, em nome de Cristo e em nome da verdade e da justiça, se opuseram aos poderes do mundo, pagando com o martírio a sua fidelidade a Cristo.

Por fim, o Papa sublinhou que Maria compreendeu o novo gênero da realeza de Cristo, ouvindo suas palavras e participando do mistério de sua morte e ressurreição, e concluiu pedindo a Nossa Senhora para que nos ajude a seguir Cristo, Rei do Universo e testemunhá-lo em nossa vida.



Inserido em: dezembro 1, 2009
Read More

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Mais uma festa na minha querida cidade Pau dos Ferros




Programação:
dia 22/11 - Carreata de anúncio da festa percorrendo os bairros da cidade

dia 28/11 - Abertura - Missa as 19h

de 29/11 a 07/12 - Novenário

dia 08/12 - DIA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
6h Missa dos Dizimistas
8h Missa das Famílias, filhos ausentes e 20º aniversário de Ordenação Sacerdotal de Pe. Francisco
10h Missa solene da festa
16h Missa dos Romeiros de Nossa Senhora
17h Procissão de encerramento


PAVILHÃO DE NOSSA SENHORA
shows:
dia 01/12 - Geovan e grupo Novo Louvor

dia 02/12 - Banda Agua Viva

dia 03/12 - Anjos de Deus

dia 04/12 - Mensageiros de Deus

dia 05/12 - Seresta das Famílias

dia 06/12 - Canindé Costa

dia 07/12 - Comunidade Boa Nova

dia 08/12 - Voz e Violão com Verônica e banda
jantar de confraternização

bingos todas as noites a partir do dia 29/11

cantinho da criança a partir do dia 05/12

praça de alimentação a partir do dia 29/12

Você que mora no estado do Rio Grande do Norte e também em qualquer lugar se sinta convidado.

Diego
Um grande abraço para todos de Pau dos ferros e boa festa.
Read More

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Falte-me perdoar

Uma das situações mais difíceis eu passei na minha adolescência. Participando de Grupo de oração e Ministério de cura, sendo também coroinha, pensei que ia tudo bem, uma família feliz, quantas vezes eu agradecia a Deus pela minha família, pela graça de ter meus pais todos os dias ao meu lado, mais Deus conhece e sonda os corações, Ele já tinha predestinado o Ministério de cura para mim, por que já sabia de tudo o que iria acontecer.
Era uma sexta-feira, quando chamei pai para irmos buscar as camisas dos meninos da minha turma de Catequese, e ele me dizia: “Diego eu e sua mãe vamos se separar”, aquilo foi como ácido que caiu sobre a minha alma e o meu coração, e fiquei a questionar Deus porque isso e aquilo, e não perguntei para que, a tristeza me tomava de conta, e eles já estavam separados a dias, mais ainda dormindo na mesma cama e escondendo tudo de mim e meu irmão, naquela mesma noite não mais pedi a benção antes de ir dormir e quando saia, sempre falava com eles de uma forma ignorante e revoltada. Sai do ministério e no grupo de oração queria sempre mostrar as máscaras, escondia o ressentimento a falta de perdão que precisava dar pelos meus atos. Chegou até o ponto de mãe ir a Dona Zefinha da RCC, falar do meu comportamento.
Quanto eu precisava pedir perdão a eles por tudo, pelos meus atos, mais Deus ali já agia, passado uns quinze dias, a coordenadora do Ministério Jovem, me convidou para participar de um encontro com o Cosme, o encontro se chamava resgate, era setembro de 2007, fui com o coração fechado para a graça, aquele ácido tinha deteriorado a fechadura do meu coração, e no instante quando ele começou a falar de sua vida e como muitas vezes tratou a sua mãe, e de quanto ele queria amar mais sua mãe, aquilo foi como um óleo que fez a porta se abrir e deixar a luz entrar, fui uma luta de resistência ao amor de Deus, mais foi ali que reconheci que eu precisava pedir perdão.
Foi ali onde Deus resgatou-me da vida de tristeza e máscaras que eu estava vivendo, quando cheguei do encontro, abracei minha mãe e meu irmão e pedi perdão, não mais desculpas, abracei meu pai também pedi perdão, e com isso aprendi a crescer na dor, Deus me fez mais forte no ministério, e disse vai e seja testemunha.
Amados e amadas de Deus, a falta de perdão pode causar doenças sérias no nosso psíquico, físico e espiritual. Hoje é dia de você perdoar as pessoas que lhe feriram e que você feriu, e quando acontecer um verdadeiro perdão não desculpas, assim terá um coração curado e livre. A minha próxima partilha vai ser sobre a conversão.

Abraços em Cristo.
Com Deus até o fim mesmo sem entender(Silvinho Zabisk)

Diego tales.
Read More

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Pecado, esfriamento da fé e volta de Jesus.

“Se pecar o bicho pega, se rezar o bicho corre”.

Uma frase bem verdadeira e interessante. Você sabe quais as três coisas por que o demônio nos faz pecar e por que ele nos faz sair dos caminhos do Senhor?Pois bem são essas: ciúmes, raiva e desespero.
Tal vez você se pergunte, porque ciúmes? Porque somos imagens e semelhança de Deus(Cf. Gn 1,26).
Porque raiva? Porque fomos lavados pelo Sangue Precioso de Jesus(Cf. 1,5).
Porque desespero? Porque sabe que pouco tempo lhe resta, para deixar de deturpa os filhos do Altíssimo(Cf. 12,12).
Satanás tem agido de forma constante em nosso meio, por que sabe que Jesus está voltando. O Papa João Paulo II em um dos seus documentos diz: “Esta é a geração que verá Jesus voltar”.
Segunda feira, antes de ir para a oração na casa da Renovação, eu tinha sentido um dor no ouvido, parecia que ele iria estourar, não podia nem se quer respirar, ficava uma pressão no ouvido, e disse: hoje não vou poder ir para a aula e para o atendimento e oração do ministério, mais antes pensei isso é astúcia do desesperado do encardido, resolvo tomar banho para ir ao posto medico próximo daqui de casa, e durante o banho, o Senhor suscitou em meu coração um cântico de adoração, e quando terminei de tomar banho estou curado para honra e glória do Senhor. Saindo da escola vou direto para a Renovação para a oração do Ministério de Cura o Senhor me colocava no coração que rezássemos, por todos aqueles que passaram na casa da RCC de Parnamirim, aqueles que levaram uma verdadeira rasteira do inimigo, ex-coordenadores e ex-pregadores de Ministério de Pregação bebendo em bares, pessoas de corações resfriados pelo inimigo.
E de uma forma grandiosa Deus prepara tudo, quando entramos na Capela à coordenadora saiu passando de pessoa a pessoa dizendo quer conduzir a oração hoje, e todos ficavam assim meios tímidos, não perdi tempo e disse vamos começar pedimos a graça a Deus do batismo no fogo do Espírito Santo, para que todo gelo dos ciúmes e raiva que Satanás tenha colocado em nossos corações fosse derretido, e o inimigo se retirasse da vida de muitos que foram oprimidos, rasteirados e presos.
O inimigo tem ciúmes de você meu irmão, da sua intimidade com Deus, de sua vida de oração, ele tem raiva de sua intimidade com a Virgem Maria, pois ele sabe que é um eterno derrotado. Muitos tem se perdido em meio ao caminho por que deixaram se congelar os corações, estou cheio de Deus e do Espírito para que oração? Todo um desespero que quer levar-nos ao inferno, pois sabe que a vinda de Jesus está próxima. Temos que ter muito cuidado, pois Satanás tem feito muitos esfriarem até um ponto de congelamento espiritual. O pecado para muitos hoje é normal e não há necessidade de confessar a um sacerdote, pois ele é pecador como nós, mais não entendemos que ele é a pessoa de Cristo, consagrado e ungido ao Senhor.
O pecado esfria corações de uma forma grandiosa, quando a graça de Deus cessa e não mais sentimo-la em nossa vida de oração aí há alguma coisa errada. Quantas pessoas me dizem não sinto mais a presença do Espírito Santo em minhas orações e no grupo de oração? Meu irmão já parou para pensar o que fez a graça de Deus cessar e vir esse esfriamento? Quanto tempo eu me confessei? Quem falta eu pedir perdão?
Com a falta de confissão vivemos no mundo de pecado e esfriamento da fé, assim desprevenidos para a vinda de Cristo, não deixemos que o ciúme, desespero e a raiva do encardido nos aparte da graça que brota do Amor Ágape de Deus. Falamos de perdão e essa será a próxima partilha, o quanto preciso deixar de escrever coisas diretas sem exemplos, por isso quero partilhar com você a minha vida e caminhada para assim juntos crescermos juntos.

Com Deus até o fim mesmo sem entender, por que só quem segue sem entender entende o que é confiar.(Silvinho Zabisk).

Diego Tales.
Deus abençoe.
Read More

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Jesus é violado!

Esta semana a minha paróquia foi arrombada e roubaram algumas coisas não de grande importância, mais o que me deixou mais triste foi que os ladrões quebraram o sacrário e jogarem todas as hóstias consagradas no chão, isso foi o que me fez ficar triste, tamanho sacrilégio para com o Coração de Jesus.
Rezem meus irmãos é chegado o tempo em que até o próprio Jesus que deu a vida por cada um ser perseguido e jogado ao chão novamente.
"Não fico indignado com a perda material, mais com esse ato contra a Casa do Senhor. Profanaram um local Sagrado." Pe. Murilo(Pároco)

Abraços em Cristo.

Diego Tales.
Read More

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Dominação do imaginário: Propagandas, novelas.

Assim vimos que a dominação do imaginário toma conta das crianças pelos desenhos animadas e revistas em quadrinhos, também toma conta dos adultos pelas novelas e propagandas.
Logo cedo vemos começar os desenhos e são poucos os canais oferecendo uma programação cristã, ou de ensino para viver na sociedade, note, durante o horário da manhã quase não passa propaganda, por que os muitos dos consumidores estão trabalhando, a televisão durante o horário da manhã é só para seduzir as crianças, depois mais tarde um pouco por volta do meio-dia está iniciando as propagandas, telejornais as novelas.
A propaganda é uma estratégia em massa para levar as pessoas ao delírio do consumo, em apenas 30 segundos consegue induzir os telespectadores, por trás de cada uma que vemos, tem uma grande estratégia de marketing, querendo seduzir e levar a ilusão, ela acontece até nas novelas com merchandising, para querer incutir em nossas mentes o desejo de consumir algo que os artistas ou atores usam, assistindo as telenovelas sempre aparece um frasco de perfume ou produto de beleza, roupas, jóias, que fazem muitos dizerem eu quero igual a esse.
Os empresários investem constantemente nas propagandas e principalmente em novelas, pois sabem do grande efeito que causam na mente e na vida dos que assistem. Quando lemos um bom livro aquilo estimula a nossa criatividade, e, além disto, podemos parar e retornar as páginas quando bem quisermos; e o nosso censo crítico ficara mais apurado, pois posso dar minha opinião. Já a televisão não, os sons e imagens entram de forma contínua, registrando no consciente, subconsciente ou inconsciente, assim os registros ruins poderão voltar em momentos de fragilidade.
Como nas novelas e filmes, existem uma diversidade de personagens com diversos papéis, que leva a muitos a negar-se para querer ser um personagem, trocando até suas identidades, para assumir as reações, maneiras de relacionar-se, assim ela torna-se anti – evangélica, por que está vivendo humanamente, tudo baseado nos frutos da carne. (CF.GAL. 5).
Portanto assim acontece um processo inconsciente, que muitos se negarão para atingir os padrões que as novelas, propagandas e filmes exercem sobre nós, isto podemos dizer que é uma escravidão, que foi uma dominação realizada através do imaginário, virando pessoas consumistas, que só buscam a luxúria, que idolatram o dinheiro, esquecendo Deus, por que é isso que os meios de comunicação em massa fazem na vida de muitos. Não estou querendo dizer que você deve deixar de assistir TV, mais sim ter um olhar amplo e assistir somente o que é para a sua edificação, é bom sempre ver um jornal para não virar um alienado, chega de fantasias: novelas e fimes( que não edificam).
Portanto deixemos de lado as novelas, filmes, para ler um bom livro cristão, pois, os livros cristãos além de ensinar como ter uma vida santa, ensinam a viver em sociedade, e enquanto você viver no mundo do imaginário, será enganado sempre vivendo a ilusão do encardido. E que a palavra de Deus seja o nosso referencial, formando o nosso censo critico, para definir o que é Dele e o que não é, e permanecendo Nele, a luz expulsará todas as trevas, pois o Senhor será a tua luz e salvação. (Cf.Sl 26 ). Procure

Abraços em Cristo.
Com Deus até o Fim Mesmo Sem Entender( Silvinho Zabisk).

Diego Tales
Read More

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Dominação do imaginário: Desenho animado

O que é a dominação do imaginário são os instrumentos e estratégias, que criam condições de transmitir uma mensagem, produzindo hábitos e costumes, incutindo em nós e nossas crianças uma mentalidade contrária ao Evangelho.
A televisão brasileira tem mostrado desenhos e mais desenhos diariamente, que tem transtornado a cabeça de nossas crianças. E tais desenhos que tem feito as mente de muitas delas. Você que convive com uma criança, já notou que ela tem desejo de ser um super-herói? Diz que é capaz de resolver tudo? Que seu poder vai fazer isso e aquilo, e ser o centro das atenções?
E muitas delas têm usado até suas fantasias para se parecer com ele e o pior, e quando crianças dizem: eu sou o homem aranha, sou super-homem..., se elas as crianças vêem os desenhos animados qual será o seu referencial para crescer? Se assistirmos televisão demasiadamente ( falo das crianças que assistem desenhos animados) que parâmetros eu terei para crescer em minha aceitação e maturidade?
O padrão da fantasia, do irreal; e muitas vezes vou ver que sou fraco, e nunca vi isto; vou ter a necessidade de dizer quem sou eu, mais todos os super-heróis tem suas identidades escondidas.
A criança cresce precisando de um braço de pai, e vai crescendo, sem sombra de um pai ou da palavra de Deus, mais crescendo sobre um desenho de um pobre e fraco super-herói.
A criança num processo inconsciente se negará para atingir os padrões que os super-heróis, com isso ela começará a se fragilizar sua auto-imagem cada vez mais, fazendo que no seu futuro busque a compensação por aquilo que não conseguiu, pelos caminhos da droga, ativismo, idolatria ao dinheiro etc... Isto podemos dizer que é uma escravidão, que foi uma dominação realizada através do imaginário.
Porque a indústria cultural usa uma lógica contrária ao Evangelho?
Isto porque as pessoas são levadas a viverem do imaginário, a assim elas saem da verdade para mentira, do poder, do possuir. O único caminho a verdade e a vida é Jesus(Cf. Jo 14,6) e que satanás é o pai da mentira, príncipe deste mundo contrário ao Evangelho, autor do pecado.
A cura e a libertação de uma criança e até mesmo um adulto que está vivendo na dominação do imaginário, é conhecer o Evangelho e sua verdade que é Jesus Cristo, resta saber agora qual caminho você escolhe o da morte ou da verdade que leva à vida.
Vale a pena perguntar aos pais e mais velhos: vocês tem falado aos seus filhos ou irmãos sobre a palavra de Deus, ao menos antes de dormir?
Na próxima formação vamos ver a continuidade deste texto, um pouco sobre as telenovelas e propagandas.

Forte abraço em Cristo.
Com Deus Até o Fim Mesmo Sem Entender.


Diego Tales.
Read More

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Saber Perder

Perder para Ganhar! Acredito ser este o sentido maior que dá ao ser humano a capacidade não só de aceitar, como também de desejar as perdas ao longo da sua vida. Gosto sempre de lembrar o ato do nascimento, momento no qual o bebezinho “perde” o lugar que ocupou durante nove meses ou um pouco menos, para “ganhar” um novo lugar e novas experiências, para ganhar a luz, ganhar a vida. Ao que parece, esta “perda” é desejada com muito prazer, ainda que inconsciente, pois é bem claro que o útero já não lhe servia mais; começava a ficar apertado, com pouco líquido amniótico e o esforço do bebê para sair não é ilusão. Uma visão negativista tende a encarar o nascimento como o primeiro trauma do ser humano, sua primeira perda e o início das suas dores psíquicas. Prefiro aceitar um outro tipo de visão mais existencial, na qual o indivíduo perde para ganhar e este ganho é o que lhe dá sentido e realização plena.Seria interessante e mais significativo se todas as nossas perdas também fossem desejadas ao invés de temidas... Algumas situações já não nos “cabem” mais; algumas pessoas precisam partir, pois aos olhos do Criador já cumpriram sua missão nesta vida; alguns comportamentos já não se ajustam à consciência; algumas tarefas já não possuem mais sentido (e alguns preferem perder o sentido a perder a tarefa: cuidado!!!).Ao longo da vida, teremos uma série de outros nascimentos, e nesse processo de crescimento e amadurecimento não podemos deixar de conviver com diversas perdas. O que importa, no entanto, é o sentido que daremos a cada uma delas. A escolha por um sentido é o maior bem que alguém pode conquistar, pois ainda que a vida lhe “roube” o que consistia sua felicidade, dar a esta perda um sentido, é capaz de restituir – é claro que com uma outra face – a felicidade perdida. Dizia a antiga filosofia grega: “A felicidade consiste em desejar o que se tem”. Existem situações de perda que só nos deixam, a princípio, o sentido a ser construído. E a construção do sentido começa quando se decide por ele, ou seja, quando é assumida a postura de olhar para a frente e seguir dizendo: “o que Deus está querendo me ensinar com essa perda?” Talvez você esteja diante da grande pérola da sua vida e não saiba...Onde você coloca a maior ênfase da sua história pessoal: nas perdas ou nas conquistas?! Sua vida é marcada por aquilo que você perdeu, ou pelo que ganhou?! Tudo depende de onde colocamos o nosso coração: “Pois onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração” (Lc 12,34). O que tem maior valor para você?!Gosto muito das parábolas do tesouro escondido e da pérola encontrada, pois nos ajudam a refletir sobre o valor que damos a cada coisa. A escolha por um sentido é a escolha por um valor, como nos diz a parábola: “Um homem encontra um tesouro escondido no campo... cheio de alegria, vende tudo o que tem para comprar aquele campo” (Mc 13,44). Um homem encontra um valor, investe todas as suas forças, meios e bens para adquiri-lo, pois este valor dá sentido à sua vida. Semelhante a essa história, encontramos muitas outras: “Um(a) jovem dá sua vida em serviço ao Reino, perde seu tempo, seus bens, sua família, seu lazer... para ganhar o Reino dos céus”. Ou ainda, “uma mulher perde seu emprego, seus projetos, para ganhar a boa educação dos seus filhos, ou a saúde e alguns anos de vida a mais dos seus pais enfermos”... Enfim, pessoas que aceitaram com alegria perder para ganhar. Sou levada a crer que a melhor maneira de ser feliz é perder muito! Como é preciso amar muito, sofrer muito, perdoar muito, chorar muito, plantar muito, colher muito... Mas é preciso perder com uma grande e séria alegria íntima, com vontade, com inteligência, e é preciso sempre procurar saber perder, melhor e mais. Isso conduz a Deus, conduz à fé inabalável. Foi esse o segredo da alegria de tantos santos que, chegando ao extremo de perderem a si mesmos, encontraram a FELICIDADE que não lhes podia mais ser perdida ou roubada.

Comunidade Católica Shalom
Read More

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

A nova era e seu psicólogo

Como sabemos a psicologia é a ciência que estuda o psíquico, o estudo da mente. Quando nos consultamos com um psicólogo, ele de todas as formas argumenta para que as suas palavras possam adentrar na mente, e assim mudar a mentalidade sobre alguma coisa que a pessoa está se tratando. Satanás a milhares de anos e principalmente nestes últimos anos para a vinda de Cristo tem estudado as características da mente humana, e isso ele aprendeu muito bem, com sua sabedoria herdada de anjo. E tem lutado constantemente sabendo que pouco tempo lhe resta para iludir o povo de Deus( cf. 12,12).
Um grande espírito de crápula tem tomado espaço no mundo, os lugares e meios de comunicação são usados pelo encardido como centros de atendimento psicológico. E a maior clínica da alma ficando vazia, em meio a esta era de chifronildo até onde iremos?
Os grandes meios de comunicação: rádio, tv , internet, estão sendo os meios do encardido ludibriar o povo santo de Deus, o que mais entristece ao Coração de Jesus, é ver tantas pessoas assistindo um programa, e ouvindo rádio para ver ou ouvir o horóscopo, novela e tantas outras coisas que fazem Jesus voltar ao Calvário. Quantas e quantas pessoas assistem às novelas e vêem escândalos, e dizem isso é normal, hoje para muitos as jovens de 13 anos engravidarem é normal. O uso de uma metodologia muito astuta do encardido tem sido usada para mexer com o psíquico, o que abrange corpo, alma e espírito, conheço tantas pessoas iludidas pelas novelas e horóscopo, por orações de jogo do bicho, búzios, cartomancia, dizer para elas que é errado é fácil, difícil é fazer com que elas acreditem.
A mente do ser humano tem se perdido, tudo o que acontece para muitos é normal, palavra esta que o encardido colocou no coração humano é normal. Usar drogas é normal, Padre namorar e beber é normal, fazer sexo antes do casamento é normal, se masturbar assistindo um filme pornográfico é normal, abortar é normal, etc.
E os poucos cristãos que restam na Igreja Católica, têm que se calar diante de tanta devassidão, levantar a voz e ser profeta é para poucos, os filhos da nova era e seu psicólogo, rodeiam os que se opuserem até martirizar. Tentam acabar com a grande e maior clínica da alma chamada “Sacrário”, a Igreja e Eucaristia abandonada, os seguidores da nova era buscam a clínica do encardido, enquanto podiam buscar Jesus que disse: “Vinde a Mim todos que estão cansados e Eu aliviarei – Aquele que vem a Mim de modo algum lançarei fora”.
As Igrejas nas Santas Missas tem ficado vazias, os sacerdotes caindo na apostasia pregada pelo encardido. É chegado o combate final.
E para encerrar não procurem à felicidade onde não há, o amor onde nunca existiu, o tempo é curto por isso o encardido busca de todas as formas escurecer o mundo com as trevas.
E saiba só da Cruz e a Eucaristia brota toda a fonte de cura e libertação, pois o Sangue que ali verteu é vida para quem crê, e semente da expiação. Plenos na graça do Espírito Santo e no amor da Virgem Maria, nunca serão feitos de fantoche por satanás, e que os meios de comunicação possam ser para trasmitir a boa nova de Cristo.

Abraços em Cristo, pois só com Ele seguiremos até o fim mesmo sem entender!


Diego Tales
Acessem:
Read More

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Sob a proteção do Altissímo

Eu quero falar hoje para vocês sobre duas armas poderosas que o demônio tem nas suas mãos para nos usar: o medo e o desânimo. Vamos falar sobre a batalha espiritual que travamos todos os dias, o combate que temos dia e noite sem cessar. Não podemos dar chances para que o inimigo de Deus zombe de nós cristãos.
Abra a sua Bíblia em Efésios 6, 10-20:
“No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do Seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; e calçados os pés na preparação do evangelho da paz; tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, e por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho, pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar”.
Há uma luta tremenda entre a luz e as trevas, meus irmãos. Se travarmos a batalha da fé, venceremos satanás; pois é só por meio dela que podemos receber milagres. Estamos vivendo uma grande crise de crença no mundo atual. A fé exige uma recusa de ídolos na nossa vida.
Precisamos “combater o bom combate da fé”, como nos ensina São Paulo. Não podemos ficar de braços cruzados, pois somos desafiados a lutar por Jesus Cristo e Ele está conosco todos os momentos. Se Ele está conosco, quem estará contra? Não pode existir desânimo na hora de rezar, nem medo do que vai acontecer, pois essas duas coisas são brechas para o demônio.
Pare de ficar preocupado com as coisas que estão à sua volta, Deus está com você todos os dias até o fim dos tempos. Você não está sozinho! Precisamos orar com fé: com vontade ou sem vontade. Não se acomode, não dê trégua para o inimigo voltar com toda a força em cima de você.
Esse combate é para homens e mulheres de fogo, testados no sofrimento. É o sofrimento que nos capacita; por isso ele não é ruim, é uma graça! Nós perdemos muito tempo preocupados com problemas. Deus não existe para resolver os seus problemas, pois eles cabem a você. O Senhor vai resolver aquilo que não podemos fazer. Aquilo que não podemos realizar, o Senhor realizará; mas o que você pode, resolva você!
Ir à Santa Missa é uma questão de sobrevivência, ler a Palavra é como se alimentar, respirar. Precisamos praticar essas duas coisas o tempo todo para que sejamos cristãos combatentes, fortes. Gente fraca não aguenta a batalha!
É preciso que estejamos vigilantes. Mas como estruturar meu exército? É preciso estudar alternativas, planejar. A gente nem reza, como vai planejar nossa vida religiosa? Você foi chamado para salvar a sua casa. Se você não tem nenhuma estratégia em mãos, é hora de prepará-la. É importante saber o nosso “potencial de fogo” e do inimigo também. Não desista de Deus, é preciso ter disposição de guerreiro! Quando a gente começa a rezar, uma luta espiritual começa também. Não dê tréguas ao inimigo; fique alerta! Combater o mal é cuidar da saúde física e emocional. Antes de lutar, você precisa valorizar a si mesmo.
Que tipo de guerra nós estamos travando? A guerra da evangelização, meus irmãos. A primeira arma que precisamos usar nessa batalha é o “cinturão da verdade”. Estamos vivendo num mundo de mentiras e precisamos lutar pela verdade, que só pode ser encontrada no Pai. Essa experiência só é alcançada com muita adoração e louvor. Renunciemos a mentira!
>Outra forma para se armar para o combate é a “couraça da justiça”. Ela serve para proteger os órgãos vitais, é como um colete à prova de balas. São Paulo nos ensina que – se praticarmos a justiça – estaremos salvos de todo o mal.
Há ainda as “sandálias da paz”, que é o combate da oração, sem jamais desfalecer; e o “escudo da fé”, que é a nossa arma defensiva, que nos protege das lanças do inimigo. Podemos contar também com o “capacete da salvação”, que vem nos salvar da imoralidade, das coisas que o mundo prega que não são da Igreja. E, por fim, contamos com a “espada do Espírito”, pois é com a Palavra de Deus que nós vamos nos defender e lutar contra o inimigo. Amém!Deixe seu pedido de oração eu quero rezar por você.
Ir. Maria Eunice
Com. Canção Nova
Read More

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

A graça vem de Deus, mas a decisão é sua!

Se você está com sede não basta colocar água na boca e não engolir. Chega um momento em que é necessário engolir. Se não der um gole, você não mata sua sede. Será absolutamente inútil ter água na boca. Com a decisão é a mesma coisa. Decidir é uma coisa totalmente pessoal. É você quem decide. Decidir amar, decidir perdoar. Decidir-se por amar, perdoar, fazer as pazes depende de você. Na hora em que se decide, o Senhor lhe dá a graça e a possibilidade. A graça vem de Deus. Mas a decisão depende de você. A graça é acionada por sua decisão de amar, de perdoar. Para que você compreenda, explico: é como o padre na hora da Missa. Para converter o pão e o vinho no Corpo e no Sangue de Cristo, é necessário pronunciar as palavras da consagração: "Isto é meu Corpo... Este é o cálice do meu Sangue...". Cabe ao sacerdote pronunciar as palavras e cabe ao Espírito Santo, com Sua graça, fazer o milagre, para que se tornem presentes sobre o altar o Corpo e o Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo. Se o sacerdote não diz as palavras, não há como o Espírito Santo agir. Na hora em que ele pronuncia essas palavras, o Espírito Santo age e a maravilha de Deus acontece. Um milagre. Com o amor e o perdão é o mesmo: Deus entra com a graça, mas, se não há decisão, não há como a graça de Deus agir. É claro que nenhum padre por si só é capaz de mudar a substância do pão e do vinho e nem perdoar os pecados de ninguém. Mas que beleza! Ao pronunciar as palavras, tudo muda pela ação do Espírito Santo. No amor, no perdão é o mesmo: você decide e Deus opera. Deus o abençoe!
Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib
Read More

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

OS FILHOS SÃO UMA BÊNÇÃO DE DEUS PARA A VIDA DO CASAL.

Escrito pelo Professor Felipe Aquino.
Há duas mentiras que precisam ser reveladas: uma a de que existe muita gente no mundo e a outra que não há alimento suficiente para todos. Tal proposição não é verdadeira, o que falta é uma melhoria na sua distribuição. A ONU diz que, com a revolução da biotecnologia, com a revolução verde da genética, o mundo teria hoje condições de alimentar dez bilhões de pessoas, quatro bilhões a mais do que a atual população mundial.
Recentemente, li uma reportagem na Folha de São Paulo, que dizia que a quantidade de alimento que nós no Brasil jogamos no lixo daria para acabar com a fome no País. Então, no mundo, não falta comida nem espaço; faltam, sim, atitudes de amor, uma melhor repartição dos bens, o fim do problema da corrupção, da falta de ética de alguns políticos. Vamos rezar e trabalhar para que isso aconteça, mas não vamos querer resolver o problema do mundo sacrificando a vida, impedindo a vida de existir.
Solução fácil para problema difícil
Uma tese muito forte da filosofia diz: imagine que você tenha dez pessoas e queira colocar um chapéu em cada cabeça, mas você só dispõe de nove chapéus. Uma cabeça, portanto, vai ficar sem chapéu. Como nenhuma cabeça deve ficar sem chapéu, então restam duas alternativas: a primeira é arranjar um chapéu a mais e colocar na cabeça que está sem ele. A segunda alternativa é cortar uma cabeça, para que fiquem nove cabeças e cada uma com seu chapéu. A política de controle de natalidade é a política de cortar cabeças, sob o argumento de que arranjar um chapéu a mais é difícil e custa caro. É mais complicado encontrar o chapéu…
A igreja, meus irmãos, nunca será estimada pelo mundo. Por quê? O Papa Paulo VI disse uma vez: a Igreja não aceita soluções fáceis para problemas difíceis. Por isso, a Igreja é odiada pelo mundo, tida como arcaica, obscurantista e medievalista. Se você quebrar a perna, não ficará curado se eu disser: vá para casa e tome três aspirinas. É claro que não vai funcionar e você ainda vai ter que ir para o hospital… Foi grave o problema, então a solução é difícil. Entrai pela porta estreita.
Não esqueçam que, quando Pedro quis tirar a cruz de Cristo, Ele disse: Afasta-te de mim, Satanás”.O mundo está nos enganando, dizendo - “é loucura ter filhos”. Deus diz, não é. É, antes, uma bênção. O salmo 126, da família, diz assim: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os construtores…” No versículo três do mesmo salmo, está escrito: “Os filhos são um dom de Deus”. Não está escrito que os filhos são uma maldição de Deus.
Tenho visto que algumas mulheres, quando ficam grávidas, parece que engravidaram de uma maldição. Arrancam os cabelos, ficam desesperadas, o que não é cristão. Os filhos são um dom de Deus. Uma recompensa, o fruto das entranhas. Tal como as flechas nas mãos do guerreiro, assim são os filhos gerados na juventude. Feliz o homem que assim encheu a sua aljava. Você sabe o que significa aljava? É aquela bolsa que o arqueiro enche de flechas. O salmista compara os filhos gerados na juventude com as flechas do arqueiro. Ele diz: “Feliz o homem que assim encheu a sua aljava, pois está cheio de flechas”. O guerreiro está pronto.
No jubileu da família, o Papa disse muitas coisas. Entre elas disse: “Casais católicos, não tenham medo da vida, famílias católicas, não tenham medo da vida”. E se há alguém que deveria ter medo da vida é o próprio Papa, que foi criado sem mãe, por seu pai. João Paulo enfrentou o nazismo na Polônia, pois sabemos que a guerra começou quando Hitler invadiu esse pequeno país da Europa Central. O futuro pontífice amargou sofrimentos variados na família. Era alguém para ter receio de tudo que dissesse respeito a filhos e à própria família, no entanto é hoje a voz profética do Espírito Santo que diz para os casais seguidores de Cristo: “Não tenham medo da vida”.
Nós estamos com medo, todos estão com medo, mas o problema mostra-se como uma questão de fé. São Paulo diz: “Sem fé, é impossível agradar a Deus”. O justo vive pela fé”, diz o profeta Habacuc. Então, se formos dar ouvidos à voz do mundo, não vamos ter filhos, vamos temer a alta da inflação, do dólar, o avanço da globalização… Isso não é a Lei de Deus. O mundo sempre teve problemas, guerra, terrorismo… em todas as épocas da história. E a Igreja sempre ensinou a mesma coisa: os filhos são uma benção de Deus.
Gostaria de fazer uma citação do Catecismo: “Chamados a dar a vida, os esposos participam do poder criador e da paternidade de Deus. Os cônjuges, no ofício de transmitir a vida e de educar, missão própria deles, são cooperadores do amor de Deus criador”.
Podemos, neste mundo, fazer a obra que for, mas ela nunca será tão grande quanto a de gerar e educar um ser humano. Um dia, as estrelas vão se apagar, os computadores não irão funcionar, os aviões não voarão, os navios não vão singrar os oceanos… mas um filho nunca acaba, é eterno. Não há obra que possamos fazer neste mundo que possa se comparar com a geração e a educação de um filho.
É por isso mesmo que Deus quer que tomemos muito cuidado com eles. Não podem nascer de qualquer jeito, a Igreja fala de paternidade e maternidade responsável. E diz ainda: “Tenham o máximo de filhos que vocês puderem criar”. Cada um é quem decide. Se alguém disser para você: “Aqui tem um tesouro: ouro, pérolas, pedras preciosas… abra o baú e leve o que quiser”. O que você vai fazer? Vai encher os bolsos e levar tudo o que puder. Ora, os filhos são uma benção. E Deus diz: “Leve o que você quiser”. Então, leve o máximo!
A Sagrada Escritura e a prática tradicional da Igreja vêem nas famílias numerosas um sinal da benção divina e da generosidade dos pais” (Cat 2373). A um casal que vive mal, brigando, longe de Deus, não aconselho ter muitos filhos. Talvez fosse até melhor não ter nenhum. Mas, não tenho dúvidas de dizer junto com a Igreja a nós, que buscamos a vontade de Deus, que temos a fé, que amamos nosso cônjuge e queremos viver o amor de Deus: “Tenham o máximo de filhos que vocês puderem criar”.
Eu parei em cinco. E hoje, olhando nossos filhos todos criados, às vezes digo: “Se tivéssemos tido oito, seríamos mais felizes”. Gasta-se muito, chora-se muito e ri-se muito. Mas há muito mais felicidade do que frustrações.
Vocês sabem que os muçulmanos casam-se com várias mulheres e têm muitos filhos com cada uma. E nós, cristãos, não queremos ter nenhum, ou no máximo dois. É também por isso que o Islamismo é uma das religiões que mais crescem no mundo. E eu não quero que a lei de Deus seja enterrada pelo egoísmo, pelo comodismo, pelo medo. Nós, casais cristãos, devemos fazer essa reflexão, e ela já começou, graças a Deus!
Cheguei aqui em Fortaleza e fui recebido por um casal jovem que tem cinco filhos, depois encontrei uma outra mãe jovem que está esperando o sexto filho.
Catástrofes
Não há muita gente no mundo. Vou dar um dado estatístico. No Japão há 300 pessoas por quilômetro quadrado, enquanto no Brasil há vinte. E é assim em toda a América Latina. Em Israel, 200. E lá no Japão não há fome nem analfabetismo, o que mostra que o que resolve o problema do homem não é matar a vida.
O Malthusianismo, criado pelo cientista Malthus, previa que iríamos chegar ao ano 2000 com dez bilhões de habitantes enfrentando uma terrível fome. Hoje, não passamos de seis bilhões. Segundo previsões da ONU, chegaremos ao ano 2050 com não mais do que dez bilhões de pessoas vivendo no planeta. Tais teses catastróficas provenientes de pagãos, os que negam a crença em Deus, assustam o mundo. Um país, para manter sua população, deve ter um índice de natalidade de dois filhos por casal, mas isso na verdade gira em torno de dois filhos. Porque, mesmo morrendo o pai e a mãe, permanece o mesmo índice populacional. Então, matematicamente falando, o país que tiver um índice de natalidade menor de que dois filhos por casal, verá sua população diminuir.
Na Europa, apenas dois países têm esse índice. Todos os demais estão com a população diminuindo. Foi um doutor em história moderna, formado pela Sorbonne, Dr. Pierre Chani, quem concluiu em um estudo que, se persistir esse estado de coisas, a Alemanha, por exemplo, dentro de algum tempo, acabará.
Na década de 50, o índice de natalidade no Brasil era de cinco filhos por casal, hoje é de 2,2. Estamos chegando ao limite em que a população não vai mais aumentar.A força de uma nação está em seu povo. Temos o exemplo da China, hoje, respeitada, atualmente com cerca de 1,2 bilhões de pessoas. Os americanos não impõem a si mesmos uma política de controle de natalidade tal como eles o fazem à América Latina. Para eles, o elemento propulsor de um país está em sua população, o seu mercado consumidor em potencial. Os EUA temem que os povos latinos tenham um bom desenvolvimento populacional. O mundo está, sim, despovoado.
Na Amazônia há apenas duas pessoas por quilômetro quadrado, e nós estamos com medo, achando que o mundo está cheio de gente. A Igreja não quer que sejamos loucos, irresponsáveis, mas também não quer que sejamos egoístas, comodistas e medrosos.
Vou contar uma história: conheci um velhinho, cujo apelido era Baracho, que vivia na minha casa e criava galinhas. Como gostava muito de contar histórias, um dia ele disse: “Quando nasceu o meu oitavo filho, eu estava tão pobre, tão pobre, que o padrinho da criança me pediu para levá-la, e eu disse: “Deus dá, Deus cria”. E acreditem, tal homem teve 22 filhos. Estou contando isso pois nunca consegui esquecer: “Deus dá, Deus cria”. Deus não deixa faltar nada, Ele cuida. Sou professor e nunca saí da sala de aula, mas a cada filho que eu tinha, ia ganhando mais dinheiro.
Como educar os filhos, para que tal tesouro que Deus coloca em nossas mãos não seja negligenciado? Peçamos ao Santo Espírito que retire de nós este medo…
Read More

terça-feira, 29 de setembro de 2009

É preciso ter corações Curados

1.1 - Lectio Divina(Leitura Orante)
1º Dia: “ Que eu me Conheça” (Santo Agostinho)

Uma das grandes dificuldades é conhecermos a nós mesmos, é desejar abandonar o nosso eu, e tirar ele do nosso coração. É preciso colocar em nossos corações Deus, pois nós pertencemos a Ele.
São Paulo na sua carta aos Coríntios já expressava a nossa pertença total a Deus.
“Não sabeis que assim já não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por um grande preço”. ( I Cor 6,19)
Qual grande medo temos, de adentrar em nós mesmos, somos filhos amados e queridos de Deus, sabemos que somos falhos e pecadores. Lembremo-nos que vinhemos do pó. E de um pecador pode se esperar o pecado. Quando reconhecemos o nosso eu, e entregamos a Deus, tudo passa a ser transformado pela graça. Grande medo é de reconhecer a nossa baixeza, que é o primeiro grau de humildade, surgem inquietações em nós pelos pecados cometidos, não porque desagradamos a Deus, mais a nós mesmos, ao nosso ego, pelas decepções que causamos em nós mesmos, por não termos sido capazes de lutar contra o pecado.
Já dizia São Francisco de Sales, grande Doutor da Igreja, que diante das nossas falhas não devemos nos perturbar nem desanimar, nem surpreender. E ainda dizia que TEMOR sem ESPERANÇA é desespero e que ESPERANÇA sem TEMOR é presunção.
Façamos um exame de consciência. Nosso arrependimento, pelos nossos pecados cometidos, que nos levará ao desprezo de nós mesmos, por ver nossas falhas e misérias, e que possamos dizer no dia de hoje várias vezes: “ Que eu me conheça”.
No Concílio Vaticano II disse que: “Só Jesus Cristo pode revelar o homem ao próprio homem”. Só Ele pode lhe revelar quem é você.
O eu, nos faz tristes, egoístas, frustrados, e cheios de discórdias. Mais com Jesus controlando o centro de nossas vidas, tudo fica harmonioso. Pois viver por Cristo e em Cristo, é viver uma vida de fé, pois o justo vive pela fé (cf.Gal. 3,11).


1.2 - IMITAÇÃO DE CRISTO, Livro I, capítulo IX, 1-2.
Da obediência a submissão
“1. Grande coisa é viver em obediência, sob a direção de um superior e não ser senhor de si. Muito mais seguro é obedecer que mandar. Muitos vivem em obediência mais por necessidade que por amor; e por isto andam desgostosos e murmuram com facilidade; nunca chegarão à liberdade de espírito se não se submeterem de todo coração por amor de Deus. Para onde quer que vás não encontrarás descanso senão na humildade sujeição à autoridade superior. Muitos se têm iludido imaginando que a mudança de lugar traz melhora.
2. É verdade que cada qual gosta de seguir o próprio parecer e mais se inclina para os que pensam como ele. Mas se Deus está convosco é mister que algumas vezes renunciemos ao nosso modo de ver por amor da paz. Quem é tão sábio que chegue, a saber, tudo perfeitamente? Não confies, pois, demais na tua opinião, mas de bom agrado ouve também a dos outros. Se for bom o teu parecer e o deixares por amor de Deus para seguir o de outrem, terás com isto maior proveito”.

Depois de ter rezado e meditado tudo, em um caderno pessoal, escreva o que você achou importante, e tente viver esse dia em Cristo, transmita, reflita, e busque a imitar a Cristo. Reze e Responda:

Reflexão Diária.
1. Você se orgulhoso? Por quê?
2. Você já renunciou algo por Deus?
3. Já renunciou aos seus exuberantes desejos?
4. Você tem sido obediente e submisso a Lei de Deus?
Diego Tales
Read More

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A existência dos anjos

Está na sagrada escritura: “Eis que envio um anjo diante de ti, para que te guarde pelo caminho e te conduza ao lugar que tenho preparado para ti. Respeita a sua presença e observa sua voz, e não lhe sejas rebelde, porque não perdoará a vossa transgressão, pois nele está o Meu Nome. Mas se escutares fielmente a sua voz e fizeres o que te disser, então serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários”. (Ex 23,20-22)
A passagem bíblica que coloco nos diz que temos um anjo que nos guarda e nos acompanha desde o momento da nossa criação, concepção, e assim até a morte e até no purgatório. Ele é quem nos indica por onde devemos e não andar, mais também temos a nossa liberdade de seguir a voz dele ou não, mais cada vez que desobedecemos ele fica triste, mais se seguirmos a sua voz tenha a certeza do céu para você.
A palavra anjo possui origem do latim: “Ângelus”, que quer dizer:mensageiro.
No 1º testamento têm varias passagens sobre os anjos, e ainda existem várias pessoas que negam a existência dos anjos e se negam a sua existência negam também a sagrada escritura, vejamos alguns textos retirados do 1º testamento que falam sobre os anjos e sua ação:
Ø Disse ainda mais: “Estás grávida, e vais dar à luz a um filho: dar-lhes-ás o nome de Ismael (quer dizer: Deus ouve), porque o senhor te ouviu na tua aflição. Este menino será como um jumento bravo: sua mão se levantara contra todos e a mão de todos contra ele, e levantará sua tenda defronte de todos os seus irmãos”. (Gn 16,11ss).
Ø Deus ouviu a voz do menino, e o anjo de Deus chamou Agar do céu, dizendo-lhe: “Que tens Agar? Nada temas, porque Deus ouviu a voz do menino do lugar onde está. Levante-te, toma o menino e tem-no pela mão, porque farei dele uma grande nação”. (Gn 21,17-19).
Ø Ler também: Gn18, 2-9ss; 22,11ss; 31,11-13; Ex 3,2-6; Dn 7,10.
O catecismo da igreja católica afirma com total convicção a plena existência dos anjos: “A existência dos seres espirituais, não corporais, que a sagrada escritura chama habitualmente de anjos, é uma verdade de fé”. Trata-se então, de uma realidade e verdade que não pode ser negada.
A queda dos anjos
A bíblia não dá referencia clara a esse respeito, mais vamos em frente.
A narração do pecado de Adão e Eva, no livro do Gênesis, já aponta o anjo decaído tentando o homem em forma de serpente. Nenhum livro da Bíblia se refere ao pecado dos anjos só ilustra a queda deles.
Vamos ver neste texto de Jeremias 2,20. “Há muito rompeste ao jugo e quebraste os laços; dissestes, então: não quero mais ser dominado”. Vemos neste versículo o pecado da soberba (orgulho), mais o profeta não quis referir a este pecado da soberba dos anjos. Se ler-mos o capítulo todo vemos que ele dá referência a soberba dos israelitas.
Então!Caístes dos céus, astro brilhante, filho da aurora! Então! Forte abatido por terra, tu que prostavas as nações (Isaías 14,12), ler também Isaías 14,13-15.
Vemos que a palavra de Deus fala de um astro brilhante que caiu do céu, ou seja, o próprio lúcifer, pois ele foi criado o mais resplandecente de todos os anjos do céu.
Read More

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Quem nos segurou foi Deus!

Este final de semana viajei para o interior do estado a minha querida cidade Pau dos Ferros, fui de transporte alternativo, em uma Van. Eu estava dormindo e de repente acordei, e nós iramos subir a serra de Portalegre que fica mais de 700 metros acima do nível do mar, quando começamos a subir a serra, logo consagrei a Van e todos os que estavam dentro, no meu coração rezei uma ave-Maria e também entreguei a São Miguel arcanjo, subimos rumo a pequena cidade que ficara la em cima, pois tinha um rapaz que iria descer lá, era noite, mesmo com aquelas curvas sinuosas e fechadas, chegamos lá. Quando o moço desceu e já iríamos descer rumo a Pau dos ferros a Van quebra um dos cabos de freio e não sai do lugar, com pouco tempo uma outra vem buscar todos que estávamos viajando quando o outro motorista disse: " se o cabo tivesse quebrado a Van teria descido e capotado com todos dentro, quando ouvi isso o meu coração eu glorificava ao senhor por ter segurado a besta. Te bendigo e adoro por ter nos apamparados.
Seguem as fotos da serra de Portalegre para que você possa ter uma ideia:





As provações vem para provar a nossa fé tão falha.
Diego Tales
Um forte abraço
Read More

domingo, 20 de setembro de 2009

Sagrada Escritura

A Palavra Bíblia, vem do grego “Biblion ou Biblos”, cujo nome vem de uma “cana” no qual era extraída uma fibra(espécie de papel), que significa “livro”, e cujo plural surgiu o nome “Bíblia”, dando origem ao conjunto de livros do 1º e 2º Testamento(Velho e Velho Testamento).
Nela se manifesta a Revelação Divina para os homens, ela é a grande Carta do Amor de Deus para a humanidade. O termo “Palavra” vem do Hebraico DABAR. Em diversos cantos e recantos do mundo a Bíblia tem diversos nomes: Sagrada Escritura, Sagradas Letras, Palavra de Deus, Divina Revelação, A Lei, A Lei e os Profetas, Livro Sagrado.
Contudo Ela tem três grandes linhas de ação: Mostrar quem é Deus, Mostrar quem são os homens, Manter o povo na caminhada para Deus. Vamos ver um a um:
• Mostrar que é Deus: Não mostrar em si, pois é impossível, mas o que é Deus para os homens, o seu grande plano para humanidade-de Amor e Felicidade, através de um projeto que nos dá vida, liberdade, missão, até o nosso fim último(a vida eterna) ou quando Ele voltar.
• Mostrar quem são os homens: Mostrar o lado bom, e ruim (pecado).
• Manter o povo na caminhada para Deus: Mostrando o passado( fidelidade de Deus), mostrando o presente(realidade e soluções) e o futuro que são as Suas Promessas.
O objeto central da Bíblia é Jesus Cristo que é o Centro da aliança. Tendo seus diversos autores e livros, como também gêneros literários, a Bíblia guarda uma maravilhosa de pensamento: no AT, é anunciado o Messias(Jesus); no NT, é narrada a ação(Doutrina) desse mesmo Jesus Cristo Salvador, e da igreja fundada por Ele, para dar continuidade a sua obra de Salvação. Escrita em três línguas: Hebraico, Grego e Aramaico.
Dividida em duas partes: VT 27 livros e NT 46 livros. Antes de ser escrita Ela foi levada oralmente de pai para filho, de geração a geração(I Tes 2,13; II Tes 2,15).
Entrando em um assunto mais importante, que são os livros Deuterocanônicos, livros que faltam na bíblia das denominações, que são: Tobias, Judite, Sabedoria, Eclesiástico, Baruc, Macabeus I e II (sete últimos capítulos de Ester e 3 passagens de Daniel), que para eles são livros de “títulos falsos”. Só formam aceitos pela Igreja, após dúvidas sobre sua inspiração, tendo sido discutida em vários Concílios.
Com isso acredito que deu para compreender um pouco sobre a Sagrada Escritura, em um contexto histórico e para a nossa vida. Quer ter intimidade com a Palavra de Deus faça a experiência da oração pessoal.
A oração pessoal é de grande importância para nós cristãos. Aqui seguem alguns passos para começar:
• Fazer em um lugar silencioso;
• Ter um caderno para anotações;
• Rezar abraçando á Bíblia, vá pedindo com suas palavras para que Deus fale para você o que é de necessidade para seu crescimento espiritual;
• Depois de 5 minutos de oração, abra a Bíblia e logo a leitura se fixara no seu olhar leia e reze novamente e tire o que é de necessidade e escreva e veja o que Ele falou a você;
• Tudo o que Deus for colocando em seu coração anote e guarde o seu caderno, e não é para estar mostrando para ninguém;
• Ao ler o texto escreva a sua oração no caderno e medite nela;
• Sempre aos poucos vá aumentando o momento de oração, para que cada vez mais você possa se achegar ao Coração de Deus e da Virgem Maria.

Diego Tales
Deus e a Virgem Maria nos guardem! Abraços.
Read More

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

"Não"

Feito uma pesquisa nos Estados Unidos com as crianças, e os pesquisadores disseram: chegamos à conclusão que elas escutam mais de 3 bilhões de vezes a palavra “Não”. Irmão em Cristo como nós não estamos no outro mundo também nos inclui nesta pesquisa.
Muitos de nós desde crianças já crescemos convivendo com esta palavra, quantas vezes os nossos pais diziam: não coloque o dedo na tomada, não pode deixar no chão, não pode chorar... Etc. Somos da descendência do “Não”, de forma alguma estou dizendo que não se pode dizer o não, mais é preciso dizer: Está errado, tem que fazer assim. Crescemos com esta palavra gravada no psicológico e tudo o que muitas vezes nos é pedido dizemos Não, e não estou afirmando que sempre deve ser Sim, mais quando necessariamente falar esta palavra: Não.
Principalmente nós de pastorais, grupos de oração e comunidades, quando muitas vezes somos chamados a fazer uma leitura durante a Santa Missa, ou até mesmo pregar dizemos: Não consigo, não posso, são estas a barreiras que precisam ser quebradas definitivamente em nós. Quantas vezes logo no começo de minha caminhada fui chamado a pregar, me deram uma apostila e disseram-me assim: “ Olhe Diego aqui esta a apostila para você estudar e pregar para gente na quarta-feira, isso era numa segunda, recebi, mais dentro de mim ficava remoendo: eu não vou conseguir. O que é que eu vou falar se eu não sei de nada vou só ler e explicar? não acredito que fizeram isso comigo, mal entrei e já me colocaram para pregar, e até o dia da pregação ficava no meu interior: Não, não, não! E dizemos aos outros: eu Não tenho o dom de pregar, será? Se o Senhor nos constitui Reis, Sacerdotes e Profetas porque não temos o dom de pregar, Deus nos deu uma grande missão, de ser Profeta que anuncia e denúncia.
Criamos uma barreira que parece que não vai ser derrubada, eu ainda tenho vestígios da minha, hoje prego mais com menos medo que tinha antes, essa semana estive no Crescei na fé da Rcc, e a coordenadora do ministério jovem chegou e disse: Diego você pode fazer o comentário da Missa? Fiquei paralisado, ainda mais com a casa toda cheia, o meu interior com medo dizia: Não, mais respondi: Sim. Jamais podemos vencer se não lutarmos contra a maré dos medos e das dificuldades.
Estou preparando nove dias de oração para você que tem medo de pregar, que vive no mundo do não consigo, com bases em algumas apostilas trabalharemos a cura interior, libertação, quebra de maldição. Nestes anos de Ministério de Cura e Libertação, com leituras e encontros de aprofundamento, pude aprofundar mais, para melhor levar a libertação e a cura que Deus tem para cada um de nós.
Com Jesus e a Virgem Maria mesmo sem entender.
Um Forte abraço.
Diego Tales
diegotalesl@homail.com
Read More

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

JUNÍPERO: O CHAMADO DA SOMBRA

O chamado da sombra
Ah! se eu tivesse uma plantação de juníperos… talvez, sentir-me-ia bem mais seguro. Ou, ao menos, aliviado. Nunca o tempo presente foi tão necessário para colóquios com Deus, para oração pessoal.
Quando é que, em minha vida, eu pude imaginar que precisaria de uma arvorezinha para chorar e de uma sombra onde eu pudesse falar de mim? O Senhor está levando seus filhos para a sombra de Seu amor. Único lugar onde eu posso falar, chorar, reclamar… e também consolar minha alma, tranqüilizar meu coração, domar a minha mente…
O ser humano estacionou em si mesmo e abismou a própria vida nos sonhos e projetos pessoais - que não ouvem o convite da sombra do junípero. Aliás, alguns de nós nem sabe o que é um junípero, quanto mais se ele faz ou não sombra.
Os juníperos mudam, mas a sombra sempre será a mesma. A mesma Sombra que abraçou Maria e que encobriu a terra no momento da morte de Jesus.
Há muito tempo, um “amigo” chamado Elias* encontrou o seu junípero para encontrar a sombra do Altíssimo. Ele se sentou à sombra da arvorezinha. Ali ele chorou, lamentou-se, mostrou suas dores, sua falta de sorriso, sua tristeza mais profunda. E ali pediu para morrer. E pedir para morrer, é chegar ao limite de tudo. Limite das frustrações, das perdas. É chegar ao máximo, é constatar que está pesado demais.
A coragem de Elias, muitas vezes não é a minha coragem. Sou um bom católico, um excelente cristão mas sou medroso para a fraqueza. A minha coragem não admite mostrar minhas falhas, minhas misérias, minha pequenez, minha insatisfação. Eu sei muito bem reclamar do meu casamento para a amiga do escritório. Sei falar mal das pessoas para meu padre. Sei acusar meus filhos e meus pais. Mas não sei me enfraquecer diante de Deus.
Se alguém perguntasse o porquê destes tempos serem tão sofridos para os cristãos, acho que Deus responderia: “É porque estou chamando meus filhos para Minha Sombra. Às vezes, o limite é o único caminho para meus filhos chegarem até Mim”.
É perturbador saber que é na “Sombra do Senhor” que eu me revelo totalmente. Se Elias vivesse em nosso tempo, certamente estaria em um junípero chamado confessionário.
Passamos a vida por vários juníperos: o da dor da morte de alguém, o da solidão, o da tristeza e da depressão, da derrota, o da mágoa com meu pai e minha mãe, o do fracasso na faculdade, do adultério. Mas em todos eles O Senhor nos convida para falar, para partilhar com Ele nossas dores. Mesmo que seja uma vontade de desistir de tudo e de morrer. Deus quer escutar meus lamentos.
Ah! se a internet nos servisse neste momento como um altar do Santíssimo Sacramento. Sem medo de errar, esta seria nossa sombra mais segura.
Será que após este texto eu ainda não tive a curiosidade de descobrir o que é um junípero?
* I Reis 19, 4-8
Comunidade Beatitudes do Coração de Jesus.
Read More

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

20 anos da Comunidade Doce Mãe de Deus e Congresso regional das novas comunidades.

Paz e Bem!As Novas Comunidades são um sopro do Espírito para a Igreja nos tempos de hoje! Seu estilo de vida reúne famílias, sacerdotes, celibatários, em diferentes idades, jovens, adultos, idosos que, tendo experimentado a alegria de ser de Deus, consagram a Ele suas vidas a serviço da Igreja e do mundo. Esta forma de viver o Evangelho e a “Nova Evangelização” nas Comunidades tem atraído muitos a viverem essa mesma graça. De modo especial sentimos esse florescimento no Brasil. Podemos dizer que ele é um grande celeiro de Novas Comunidades! Sentido a necessidade de aprofundamos os laços, a unidade e a partilha entre todas essas Comunidades, todos os anos são promovidos encontros por região e a cada dois anos um Encontro Nacional. Neste ano, a Comunidade Doce Mãe de Deus sediará o Encontro Regional N2. Teremos palestras gerais com alguns bispos que estarão conosco e oficinas que trabalharão temas fundamentais para nosso crescimento e evangelização. Todos poderão participar! Membros de Comunidades e participantes de movimentos da Igreja.Este encontro marcará, também, a celebração dos 20 anos de nossa Vocação - A Comunidade Doce Mãe de Deus. Estaremos juntos para celebrar o Dom de Deus derramado sobre nós e para aprender Dele e de seus pastores como permanecer fiel a este Dom!
Presenças: Dom Bernardino (Dino), Dom Aldo Pagotto, Dom Lucena, Dom Philip Dickmans, Dom Alberto Taveira, Inaldo Alexandre da Silva(Fundador).
Eu vou e você? Te espero lá.
Read More

sábado, 22 de agosto de 2009

Não te envolva com as forças ocultas

Não devemos de nenhuma forma, nos entregar as forças ocultas por simples práticas, é que, simples práticas somos pressionadas a ser escravos do encardido.
Quando chegam as dificuldades em nossa casa, de finanças e doenças, muitos buscam os centros espíritas, cartomantes, realizam benzimentos, usam amuletos, bebem e comem alimentos consagrados, procuram videntes, tarô, tomam banhos de descarrego, participam de festas espíritas de Cosme e Damião, iemanjá, queima de pólvora, toma passes, em busca de respostas para tais sofrimentos no ocultismo, em raros casos sem saber sobre os preceitos de Deus que proíbe as práticas (Cf. Dt 18,9ss), quando entramos em contato com as forças ocultas nos impregnamos das forças das trevas.
Tais práticas de envolvimento com as forças ocultas, fazem com que uma contaminação se torne uma obsessão.
Existem quatro situações em que o inimigo se manifestas nas pessoas:
1º) Obsessão: Sempre acontece quando a pessoa se envolve com as forças ocultas, e começa a ser perseguida e atormentada. Acreditando nas orientações recebidas, pois não vê outra saída para seus problemas. Existem pessoas que ouvem vozes, vêem vultos, escutam barulhos, se sentindo em um beco sem saída.
2º) Opressão: È quando a pessoa permite ser doutrinada, possibilitando manifestações das forças ocultas em sua vida. Isso sempre acorre com os que se envolvem com mediunidade, e sãos os envolvimentos com espiritismo, umbanda, satanismo e candomblé. Se uma pessoa que sofre opressões e não regem, acaba deixando o seu corpo vulnerável a pequenas possessões, mesmo se sentido perseguida, apresenta lucidez e controle emocional, com algumas restrições.
3º) Possessão: Acontece quando a pessoa se deixa dominar pelo ente, ou seja, um espírito maligno, que costuma se manifestar de forma continuamente. Pessoas que se expõem a mediunidade existem tendências a possessões. Quando existe uma possessão a pessoa perde todo o seu controle corporal e mental, não tendo mais domínio sobre ela. Por contatos com o satanismo, possa também, existir possessão.
4º) Contaminações: Lugares que citei na parte superior da formação, são os lugares onde, muitos se contaminam, buscando as forças ocultas, muitas vezes sem saber, mais se você já visitou algum desses lugares, é bom fazer a oração de renúncia de todo mal, pois, Deus condena tais praticas. “Se alguém se dirigir aos espíritas ou aos adivinhos para fornicar com eles, voltarei o meu rosto contra esse homem e o cortarei do meio do seu povo”(Lev 20,6). Deus mais uma vez nos exorta: “ Quem consultar os mortos em favor dos[...] não haverá aurora para eles. Andarão errantes pela terra, fatigados e esfomeados; atormentados[...] e só verão miséria, escuridão e trevas angustiantes” (Is 8,20-22).
Diego Tales.
Read More

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Agosto mês vocacional

É preciso fazer a vontade de Deus
nosso coração deve vir constantemente um questionamento sobre o que é vontade de Deus na minha vida, será que essa vontade Dele acontece na comunidade que faço parte? Naquele grupo?Ou naquela pastoral. Em Fevereiro deste ano, estive pregando no retiro de Carnaval da Comunidade Magnificat, e começando a estudar e rezar com a palavra eu vi o quanto é difícil fazer e viver essa Vontade Dele para cada um de nós, porque parece que nosso coração bate mais humanamente do que Divinamente.
Vocação! Qual é a minha? Seguir o desejo do Coração Dele é fazer sua vontade, e por isso, a baixo se encontra passos que lhe ajudarão neste discernimento:
Passos para compreender a vontade de Deus:
1º passo: Para entender qual é a vontade de Deus para a sua vida e escutar, e prestar atenção aos sinais dele para com você.
2º Passo: Todas as graças passam pelas mãos da virgem Maria, por isso, saber qual é a vontade de Deus para você é uma graça, por isso peça a intercessão dela para que ela te ajude neste discernimento vocacional.
3º Passo: Rezar, jejuar em favor desta causa, pois não se brinca com o chamado de Deus para cada um de nós, já dizia uma santa da igreja: “vontade de Deus és meu paraíso”, imagine o que acontece no momento que eu não faço a vontade de Deus, não vai ser meu paraíso, mais esse paraíso não e facilidade e tranqüilidade, é preciso viver um bom discernimento para saber para qual local fui escolhido.
4º Passo: Participar de encontros vocacionais do qual você sente chamado.
5º Passo: Estudar e rezar com a palavra, ou seja, fazer diariamente oração pessoal, pois é onde Ele mais se manifesta e fala ao nosso coração.
6º Passo: Este é o mais importante, ser DERMINADO.

Acredito que são pontos importantes que lhe ajudará muito a descobrir qual é a Vontade de Deus, e não a nossa, busquemos nos assemelhar-nos á Jesus,que renegou a sua vontade para que a Vontade de seu Pai se cumprisse: “Contudo, não se faça o que eu quero se não o que Tu queres” (Marcos 14,36). Seguem abaixo alguns versículos retirados da Bíblia, para lhe ajudarem:

Versículos para ajudar neste discernimento:

-“Ele nos manifestou o misterioso designo de sua vontade, que em sua benevolência formara desde sempre” (Ef 1,9).

-“Não sejam imprudentes, ao contrário procurem fazer a vontade de Deus” (Ef 5,8).

-“Foi em virtude desta vontade de Deus que temos sido santificados uma vez para sempre” (Heb 10,10ª).

-“Quando vos dirijo a palavra não existe um “sim” e depois um “não” (IICOR 1,18)”.

-“Pois é necessária a perseverança para fazerdes à vontade de Deus e alcançardes os bens prometidos” (Hb 10,36).
Um forte abraço.
“Deus nunca tarda e nunca falha ele age e faz a sua vontade em seu devido tempo, espera Nele.”
Diego tales.
Read More

terça-feira, 11 de agosto de 2009

sábado, 8 de agosto de 2009

Te amo Pai

Não poderia deixar passar este dia em branco, aprendi e tenho de aprender muito com o senhor, que a distancia que temos não é capaz de fazer-me esquecer o teu amor por mim e o meu por você.
Parabéns por esse dia.
Deus te abençoe aí em Pau dos ferros.
Diego Tales.
Read More

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

terça-feira, 4 de agosto de 2009

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Cura e libertação.

Descobrindo as maldições
Nós vivemos em meio a uma geração feridenta e uma era satânica, uma geração de maldição, pois nos dias atuais os pais amaldiçoam a casa e até os próprios filhos.
Mais em fim quero tratar de expor de como descobrir as maldições que nós muitas vezes temos, nestes quatro anos de ministério de cura e libertação, nunca vi tantas maldições serem quebradas nos encontros e nos atendimentos de oração.
As maldições se manifestam de diversas maneiras, tanto física como espiritual.
Existem maldições hereditárias as que são mais freqüentes nas pessoas, as características gerais das maldições:
*Depressão mental ou emocional com características hereditárias e aparecem sempre em vários membros da família.
*Doenças sem diagnósticos que tratadas reaparecem em locais variados, repetidas vezes e de uma maneira crônica.
* Abortos freqüentes e problemas nas mulheres da família.
*Adultério.
*Destruição constantes na família e alienação da família em geral.
*Insuficiência financeira, mesmo quando a renda é boa. O dinheiro acaba, não se sabe como. OBS: Cuidado que pode ser também pessoas que não sabem administrar o seu próprio dinheiro.
*Acidentes constantes.
Essas são as maldições que acontecem de modo repentino na família.
Esses outros que citarei são sinais físicos, são manifestações de maldições que acontecem dentro de casa:
*Formigas: São formigas que aparecem do nada e empestam a casa, você tira e elas sempre aparecem, colocam veneno e mesmo assim elas retornam. OBS: Não pense que quando você abrir o seu armário não vai ter umas formiginhas no açúcar, isso é normal. Jogue água Benta exorcizada na casa ou peça a um sacerdote para dar uma benção, com isso há uma quebra.
*Bichos de estimação: São animais que sofrem mudança de extinto rapidamente, ou seja, são mansos e de repente ficam valentes.
*Invocação dos mortos e envolvimentos com as forças ocultas: Traz sobre a pessoa forças malignas, satanás fará opressão sobre ela fazendo com que ela fique uma pessoa rejeitada e perturbada.
Você que quer ser liberto visite uma comunidade católica ou um grupo de oração da sua paróquia, procure o ministério de cura e aconselhamento e peça oração, depois peça aos ministeriados que façam com você a oração de Renúncia e renovação das promessas batismais.
Até a próxima!
Diego Tales.
Com Deus até o fim mesmo sem entender.
Envie sua pergunta e sugestão. (No final do Blog se encontra o formulário de contato).
Read More

quarta-feira, 29 de julho de 2009

domingo, 26 de julho de 2009

A paz!

A próxima formação é : Descobrindo as maldições! nestas formações que você possa renunciar a tudo que lhe prende a este mundo de pessoas feridentas, e todas as maldições possam ser destruidas.
Com Deus até o fim mesmo sem entender!
abração a todos que acompanham o blog.
Read More

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Maldições


“Amou a maldição: que ela caia sobre ele! Recusou a benção: que ela o abandone! Seja coberto de maldição como de um manto: que ela penetre em suas entranhas como água e se infiltre em seus ossos como óleo.” Sl 108, 17s

Em uma área muito forte quero tocar agora, quero abordar a maldição em si ou nas pessoas com quem você pode está convivendo.
Quantas pessoas com quem vivemos nos dia-a-dia têm de tudo para ser feliz e vive em um mundo de amargura e desânimo, os seguidores do espiritismo dizem que você está pagando por algo que você fez na outra vida, pois foram pessoas más, mais não existe mesmo esta história de reencarnação, pois só vivemos uma vez, morremos uma vez e logo somos julgados, está tudo provado na Sagrada Escritura em Heb 9,27: “Como está determinado que os homens morram uma só vez, e logo em seguida vem o juízo”, por isso não se deixe enganar pelos espíritas Kardecistas.
Uma maldição pode surgir de uma simples palavra, que alguém tenha autoridade sobre outra. Se um pai lança uma palavra de maldição sobre seu filho mesmo ele não tendo consciência, ele esta autorizando a satanás de destruir toda a sua vida, pois nossas palavras têm um imenso poder.
“Morte e vida estão as mercê da língua” Prov 18,21ª.
Será que você sofre sobre um peso de uma maldição que alguém da sua família ou quaisquer pessoas lançou sobre você? Temos de ter cuidado com as pessoas que andamos, pois quantas delas falam mal de Deus, das pessoas, e não se valorizam essas pessoas já trazem sobre si maldições enormes, e só um simples fato de ouvir aquelas palavras você pode estar absorvendo alguma maldição. Deus quer que usemos nossos lábios para pronunciar benção e não para amaldiçoar ou difamar e menosprezar e murmurar, pois tudo isso dá liberdade para satanás de cumprir seus designo em nós.
Quantas vezes você já ouviu a palavra Desgraçado? Acredito que várias vezes, ao momento que pronunciamos está palavra dizemos que aquela pessoa está fora da graça de Deus, quantas vezes alguém já lhe chamou assim? Talvez não se lembre pois você era criança? Ou você já chamou com alguém? E seu filho quantas vezes você o chamou de: danado ou atentado? Não diga mais são palavras totalmente satânicas.
Quantas vezes quando você era criança lhe amaldiçoaram com estas palavras: praga, troço, peste, diabinho, safado, coisa, besta, não vale nada, vá para o inferno, não vale o que come..., e isto pode ser o motivo de muitas vezes dessa tristeza e coisas que nunca dão certo em sua vida, pois existem pessoas cobertas de maldições.
Mais podem renunciar a tudo isso, pois Tudo posso naquele que me fortalece, quem quer viver e vive em Cristo é nova Criatura, se você deseja segue a oração de quebra de maldições:

+ Senhor Jesus eu (seu nome completo), quero ser a partir de hoje uma nova criatura, quero hoje em teu nome e no poder do Teu sangue derramado na Cruz quebrar toda e quaisquer maldição que jogaram contra mim e toda a minha geração, em Teu nome quebro e desligo de minha vida, de meus filhos, parentes... toda e qualquer maldição, repreendo toda e qualquer palavra de maldição, que vá aos pés da Cruz toda maldição de magia negra, feitiço, vexame, sedução, azares, poderes psíquicos, fascínio, bruxaria que foram colocados sobre mim e toda a linha da minha família, maldições que foram colocadas por pessoas em fontes de ocultismo ou qualquer fonte psíquica, e ordeno que todo espírito imundo que me perseguia me deixem agora em nome de Jesus, vem o Virgem Maria e destrua a todo cativeiro de satanás, que as obras de satanás que me corrompiam sejam amaradas aos pés da cruz pois só de lá vêm todo remédio, e declaro hoje o Senhorio de Jesus da minha vida e minha família, pois fui comprado(a) pelo seu Sangue, Declaro e proclamo Jesus é o Senhor!Amém. Creio, Ave-Maria, Pai nosso.

Diego Tales
Com Deus Até o Fim Mesmo Sem Entender
Read More

terça-feira, 21 de julho de 2009

Jesus é o Senhor!

Baixe a música do XXVIII Congresso Nacional da Rcc
Carol Zabisk, da Rádio Beatitudes, cometa: “Várias pessoas nos procuram e nos dizem que a música é forte. Ela tem nos ajudado, além de divulgar o Congresso, a motivar toda nossa missão.”
Clic no link abaixo!
http://www.rccjovem.com/congresso/wp-content/uploads/Jesus_e_o_Senhor.mp3
Read More

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Ser santo de calça jeans

Ser jovem é muito bom. É nessa fase da vida que nossos sonhos desabrocham, é nessa fase da vida que queremos mudar tudo e todos.

Uma fase de fazer a diferença!

"Deus faz a diferença. Mais ainda: Deus nos faz diferentes, nos faz novos" (Bento XVI).

Unir minha jovialidade à certeza de que Deus está comigo é totalmente possível, Ele não me tira nada, pelo contrário, me dá tudo! Ele se faz meu amigo no presente e tem a minha história na Sua mão: nela segura firmemente o meu passado, com as fontes e os alicerces do meu ser; nela guarda ansiosamente o futuro e me faz vislumbrar a mais bela alvorada de toda a minha vida. É com essa mão forte que conto quando caio e não quero ficar largado no chão. Ele tem a voz que ecoa no silêncio do meu coração me acordando para a vida.

"Quando o jovem não se decide, corre o risco de ficar uma eterna criança!" (Bento XVI).

Não quero ser criança, quero crescer! Quero me decidir! Hoje me decido a ser santo! Santo de calça jeans.

Tomo a coragem de ter decisões definitivas porque sei que, na verdade, são as únicas que não destroem a minha liberdade, mas criam a justa direção, possibilitando-me seguir em frente e alcançar algo de grande na vida. Algo que me é garantido!

A vida eterna!

Dentre todas as minhas decisões! Encontra-se esta:

Quero ser santo de calça jeans.

Quero estar no mundo; e saber saborear as coisas puras e boas do mundo, mas que não quero ser mundano! Sou cristão! Sou católico! E me decido a amar esta Igreja que é viva e é jovem!

E você, qual a sua decisão?
Adriano Gonçalves
Com. Canção nova
Read More

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Oração de Renúncia (Silvinho Zabisky)

Declare Jesus seu Senhor e Rei, reze a oração de renúncia e libertação:
“Só Jesus é O Senhor. E mais ninguém.Isto não é só reconhecimento. Isto é fato. Jesus é O Senhor e O único Senhor. E sendo Senhor Ele tem poder de nos curar, de nos restaurar, de animar nossa caminhada, de libertar nossa vida e intimidade conjugal. Jesus sendo O Senhor tem poder e o domínio sobre todo espírito que queira nos perseguir ou que tenha perseguido nossa linha de família.
Jesus tem poder sobre todo e qualquer espírito que se manifeste. Jesus domina todo demônio. Jesus tem senhorio sobre toda doença e falsa enfermidade advindas de espíritos malignos. Jesus é O Senhor.
Jesus é Rei sobre nossa saúde. Portanto, O Senhor pode me libertar e libertar minha casa de vícios de bebedeira, cigarro e orgia. Porque Jesus é O Senhor de mim.
Jesus é dono, proprietário de minha vida, de meu passado, presente e futuro. Não pertenço a ninguém, a criatura alguma ou a demônio nenhum que tenha submetido minha vontade. Sou do Senhor e O Senhor anula toda e qualquer forma de consagração que foi feita em espiritismo, em magia negra e missas negras, em matas, debaixo de cachoeiras, benzimentos, banho com águas cruzadas, banho de pipoca ou consagração a entidades. Jesus é O Senhor.
Nenhum espírito tem poder sobre mim Porque Jesus tem este poder. Por causa disso eu renuncio com toda a força de minha mente, do meu coração e da minha vontade a influencias espirituais de demônios como oxossi, preto-velhos, iansã, Oxalá, erê, zé pelintra, caboclo, o baiano, o sete-flexas, iemanjá e Cosme e Damião, índio, aos guias da umbanda e da macumba, do saravá. Renuncio a xangô, ao congá, ao espírito da benzedeira e do curandeiro, ao tranca-rua, ao exu capa-preta e exu caveira, ao espírito de são jorge e de são cirpiano e a todos os outros. Jesus é o único com poder sobre mim e sobre minha vida.
Renuncio pelo poder de Jesus, de suas cinco chagas e pela intercessão de Maria e de São José a todo ato de consagração e batismo em seitas ou espiritismo. A toda consagração ou cruzamento feito da minha pessoa ao espiritismo, magia negra ou falsa religião.
Renuncio aos remédios, passes espíritas, cirurgias e tratamentos mediúnicos. A todo trabalho e despacho, maldições, pragas, maus-olhados que lançaram sobre mim e minha família.
Renuncio à pornografia em Nome de Jesus… Renuncio a filmes, músicas e livros contrários a são doutrina da salvação.
Renuncio a toda entidade que já tenha se apossado de mim no passado e que até hoje me fazia ter medo a noite ou sonhar com este fato. Meu Passado pertence ao meu Único Senhor.
Renuncio a todo envolvimento que tive com forças ocultas como tábua de ouija (ou brincadeira do copo), parapsicologia e poder da mente, yoga, mantras, pêndulo, projeção astral, reike, santo daime, cartomancia ou leitura de mãos, búzios, wicca, hallowen e horóscopo; viagens astrais, comunicação com os mortos, cânticos e pontos cantados de candomblé. Jesus é meu Senhor e único Senhor.
Renuncio ao espírito da superstição e descrença. A toda duvida ou confusão religiosa. Renuncio ao sortismo, cartomancia, quiromancia, controle da mente, energias advindas de objetos como pirâmides ou imagens como budas, animais, figas ou moedas.
Renuncio a todas as formas de sexualidade errada, de promiscuidade e envolvimento que tive com prostituição. Renuncio a espíritos de confusão sexual que deixam dúvidas sobre minha sexualidade. Renuncio ao espírito do divórcio, da violência e da derrota. Jesus é meu Dono e reordena minha vida.
Jesus é Senhor e Luz sobre as trevas que me atormentavam. Sobre minha solidão e depressão Jesus é O Senhor. Sobre meus medos e terror noturno Jesus é O Senhor. Sobre minha carência afetiva, sobre minha melancolia e sobre minhas experiências sexuais Jesus é O Senhor.
Sobre vícios de bebida, fumo, drogas, masturbação, fornicação, impureza, libertinagem, orgia, farra e brincadeiras de zombaria do meu irmão: Jesus é O Senhor. O meu Senhor.
Sobre minha ira, sobre minha inveja, sobre minha gula, sobre minha soberba, sobre minha luxuria, sobre minha avareza e sobre minha preguiça Jesus é O Senhor. E só Ele pode me transformar.
Eu renuncio a todo medo de perder algum familiar. Medo de Deus e do demônio. Medo de me conhecer. Medo de encarar os desafios e os problemas em minha casa, minha família e minha comunidade. Medo do futuro. Mede de doença. Medo de escuro. Medo de dormir a noite. Medo de ficar sozinho (a) em casa. Medo de anunciar o Evangelho.
Eu renuncio a todo espírito de desequilíbrio famílias, profissional e comunitário. Assumo que Jesus é o meu ponto de equilíbrio.
Em Nome de Jesus eu ordeno a todo espírito mal do qual tenha sido libertado, eu vá aos pés da cruz do Senhor. Jesus disponha deste espírito.
Mais que meu ministério dentro da comunidade. Mais que minha missão, que meu chamado e que minha vocação Jesus é O Senhor. Só a Ele eu sirvo e por isso sirvo ao irmão.
Jesus é O Senhor de minha comunidade. Jesus é O Senhor do Conselho da Comunidade. Jesus é O Senhor da rádio. Jesus é O Senhor de meu fundador e dos co-fundadores. Jesus é O Senhor deste tempo que estou aqui na comunidade. Jesus é O Senhor das minhas decepções e frustrações comigo e com as pessoas da comunidade. Jesus é O Senhor dos meus momentos de lágrimas e de saudades. Jesus é O Senhor do que eu faço. Jesus é O Senhor de minha família e filhos. Jesus é O Senhor do meu casamento. Jesus é O Senhor nas minhas amizades. Jesus é O Senhor do meu divertimento. Jesus é O Senhor do meu namoro. Jesus é O Senhor da Igreja Católica Apostólica Romana… o único Senhor. Amém
Oração do Creio.
Read More

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Cura Interior e a Libertação

Porque preciso de Cura interior e Libertação?
Todo ser humano tem necessidade e precisa de cura interior e de libertação, porque dificilmente uma pessoa não passou por sofrimento ou não foi contaminado por algo oculto, a cura interior, ela é a chave para a cura total. Muitas das nossas doenças físicas, não são apenas doenças, mas, são mais do que isto, são efeitos físicos, sinais de uma doença interior muito maior. É muito comum quando uma criança que esta carente de afeto, ela fica muito chorona, triste, desanimada, as vezes deita com ar de doença, a mãe ou alguém da família pergunta o que esta acontecendo ela diz que esta com uma dor as vezes na cabeça, na barriga, no ouvido, na garganta, etc. Naquele momento em que ela teve atenção da mãe, foi tocada, as vezes abraçada, ela sente afeto, carinho e atenção, vamos perceber que sempre que ela tiver carente de afeto, ela vai manifestar uma dor, isto vai tornar para ela uma válvula de escape, consequentemente um efeito de doença física. Na maioria das vezes as pessoas vão ter doenças em sua vida, muitas delas de fundo emocional, devido as suas carências, seus bloqueios emocionais e psicossomáticos. Estas pessoas vão até ser medicadas, isto até provoca um alivio, mantém a pessoa até equilibrada e muitas vezes a pessoa não pode parar de tomar remédio pelo resto da vida, mas não a cura . É muito comum até pessoa procurar um médico para fazer um bom diagnóstico, exames laboratoriais, até mesmo rx , ultra-sonografia , exames sofisticados, tem os sintomas, mas não manifesta a doença propriamente dita, outras vezes manifesta a própria doença. Outra situação é também mães que seus filhos ficaram doentes, devido a condição financeira ou até mesmo por costume levaram-no as benzedeiras espiritas e foram contaminadas, por isso necessitam de libertação, porque dentro da libertação, muitas contaminações se apresenta com efeitos físicos de doenças . Pessoas que tem vícios, nas drogas, alcoolismo ou de auto medicar, até podemos dizer que são pessoas com grande problemas emocionais ou de contaminação, pois cria em si muitas rejeições e doenças que são muito comum. A exemplo de doenças de fundo emocionais que podem acontecer; bronquites , asma, dores de cabeça ,enxaquecas , gastrites, ulceras, problemas de visão, de audição, dificuldades de falar a pessoa fica gaguejando, tiques nervosos, agressividade ou pessoas inertes (sem reações), etc . Não queremos dizer que todas essas doenças neste aspecto são de fundo emocionais , mas muitas delas são.

É Preciso Entender Agora o Falar de Cura Interiror
Quando tratamos desse assunto, é partindo do enunciado acima, de fatos vinda da Libertação, do que fez a pessoa buscar o ocultismo para as soluções dos seu problemas. As pessoas as vezes por problemas financeiros, atravessando dificuldades materiais, doentes fisicamente, psicologicamente, emocionalmente, afetivamente. Com vícios, sentido abandonados, afastados da Igreja, achando que Deus não gosta delas, por tantos problemas que esta passando, sem esperança de uma cura médica, ou Tratamento difícil e prolongado, tentaram resolver de outra forma, com operações espirituais, passes, benzimentos, medicamentos espiritas(garrafadas), banhos, simpatias, amuletos, esta pessoa é uma presa fácil para o Diabo e seu agouros. Nestes casos não foram envolvimentos casuais, mas totais e as vezes de toda a família, e até gerações de Filhos, Pais, Avós, Bisavós, Tataravós, que vira uma contaminação de gerações e doenças espirituais que vão sendo transmitidas uns para os outros decorrente destas situações de maldições.
Então não estamos só falando de Cura Física, mas Cura interior e de Cura Espiritual que é proveniente das contaminações malignas, e dos sofrimentos desde a nossa geração no ventre materno, da herança genética, consangüinidade, é nesta três dimensões que vamos falar.
Já sabemos que a Cura Interior (englobando a física e espiritual), e será esta o nome genérico que vamos usar para este processo de libertação total, onde vai se concretizar na proposto de Jesus: “Eu vim para que tenham vida e vida em abundância”(Jo, 10,10).
Pe. Vagner Baía.
Read More