sábado, 11 de setembro de 2010

2º Nível: Desanimando da caminhada


Estaremos vendo hoje o segundo nível do cativeiro do inimigo.

Retirando a nossa visão de Deus, começamos a olhar tudo diferente, é aí aonde dar se início ao desânimo. O desânimo vem de muito longe, desde Moisés quando o povo buscava a terra prometida pelo Senhor, a terra onde correria leite e mel (Cf. Nm 14,8).

Imagino agora aquele povo rodando, meses e nada de encontrar a tal terra, mais sabe por quê? Por que eles começaram a olhar as coisas com os olhos humanos. E assim é como muito de nós, diante de quaisquer problemas criamos uma muralha imensa, quando olhamos dizemos: “Não vou conseguir”, é essa a palavra chave de hoje.

Quando servos de grupo de oração, pastoral ou qualquer movimento da igreja dizem que não vão conseguir, a coisa anda mal. As muralhas de Jericó entram no nosso coração, e fora de Deus não vamos conseguir vence lá. Se dois grandes profetas de Deus como Moisés e Elias desanimaram acredito por ação do inimigo. Moises quando viu o povo adorando um bezerro de ouro, Elias fugiu para salvar sua vida (1ª Reis 19,3). Satanás é o anjo mais baixo de todos, um minuto que aquele povo retirou os olhos do Senhor, ele veio com tudo sobre aquele povo, corompendo os corações deles.

Conheço a muitos que perderam seu desejo por Deus por causa seus namoradinhos, cartões de crédito que tornaram seus bezerros de ouro, uma falsa alegria que vai passar, porque depois de perder a visão espiritual, vêm o desanimo, e para encerrar:

“Subamos e tomemos posse da terra. É certo que venceremos!". (Nm 13.30).

Postar um comentário