segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Imperfeitos para o mundo. Perfeitos para o Céu!

"Mas, quando vier o que é perfeito, então o que é imperfeito desaparecerá" (I Coríntios 13: 10)
Já parou e reparou como o mundo te olha?
Imperfeito! E você mesmo, muitas vezes no seu próprio facebook, twitter, Myspace... fica postando fotos e dizendo que é feio! Que cu ltura medonha esse século está sendo cultivando na cabeça das pessoas e principalmente dos jovens.


Não nego, eu tinha vergonha de postar minhas fotos, sozinho, sempre queria uma escora, para que assim eu pudesse aparecer mais lindo, aí foi quando parei, rezei, e vi a beleza que existe em mim, dentro de mim, a beleza e a perfeição interior, para mundo, eu sou um imperfeito por causa das minhas espinhas, da minha “gordurinha”, sei lá. E você, onde está a sua imperfeição? No seu braço, nas suas pernas, no seu rosto por conta das espinhas que deixaram marcas que talvez um bom tratamento de estética não resolva?

"O que atrapalha um jovem não é espinha do rosto nem o peso a mais, e sim, a sensação de fracasso em seu coração" (Regra Beatitudes).

Falar de beleza exterior é fácil de mais! Essa que o tempo, a saudade, a mágoa, tristeza, PECADO, acidentes, etc. há destroem facilmente, mais jamais podem acabar com aquilo que se tornou perfeito pela Eucaristia, pela oração. Achem-me feio ou bonito, gordo ou magro, a minha beleza interior ninguém pode acabar com ela, o “mundo” e as pessoas que vivem sobre o seu poder, podem me achar imperfeito, “tô nem aí”. Eu sou imagem e semelhança de Deus (Cf. Genesis 2.26-27), como também elas são, mais, porém se deixaram seduzir pela vaidade da carne.

Que eu seja imperfeito para mundo, por não seguir as tendências de moda.
Que eu seja imperfeito para o mundo, por não querer perder minha virgindade por um mero momento de prazer.
Que mundo cruel com os jovens! Ele destrói sem pena e sem dó, cuidado em!

Seja imperfeito para mundo, mais participe da Santa Missa, do grupo de jovens ou de uma comunidade. Cuidado, a perfeição exterior nos engana facilmente, prazer da carne, Nessa reta final, nós Cristãos, não devemos nos preocupar com essa beleza exterior, sim, mais claro que necessitamos cuidar do corpo ele é criação de Deus e templo do Espírito Santo. Imperfeitos exteriormente, porque nos desgastamos pelo Evangelho, na busca de salvar almas, mais por dentro, a perfeição da santificação diária, esperando o segundo Advento de Jesus Cristo, existe uma beleza invisível aos olhos daqueles que só pensam em seu corpo e esquecem-se da sua alma, esqueceram que foram gerados, eleitos para serem do céu! E que lá receberão o seu corpo glorioso, sem deficiências.

Fui modelado, formado por Deus para o céu. Enquanto esse mundo prega a cultura do corpo, os padrões de beleza, etc, Nas novelas ou comerciais, eu vou anunciando uma vida nova, proclamando para aqueles que desejam um novo céu e uma nova terra. Não fui feito para entrar nessa “forminha” do mundo. A minha marca já tenho, é a do Sangue de Jesus, a quem espero a cada dia ansiosamente, vamos juntos? Ainda dá tempo volta para teu Senhor, O deixe retirar as “tranqueiras”, curar as feridas. Quero te ver no céu recebendo a coroa da glória.

“Nós, porém, somos cidadãos dos céus. É de lá que ansiosamente esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará nosso mísero corpo, tornando-o semelhante ao seu corpo glorioso, em virtude do poder que tem de sujeitar a si toda criatura.” (Filipenses 3, 20-21).

Formemos uma geração Santa! Uma Geração Fidelidade.

Diego Tales
Vocacionado da Comunidade Beatitudes do Coração de Jesus
Postar um comentário