segunda-feira, 25 de julho de 2011

“SENHOR, SE TU QUERES, EU QUERO”

Precisamos compreender os pensamentos do Senhor, ouvir Suas Palavras, para isso necessitamos de meditação, profunda reverência em sua presença. A vontade de Deus se manifestará em nossos corações em forma de semente, com a oração ela será germinada e através do nosso agir produzirá frutos.

O Senhor nos concede ferramentas para que sua palavra produza frutos em nós: Aumenta a nossa fé quando nos lançamos em sua presença com toda a confiança; diante das tempestades e dos perigos, Ele nos concede segurança; quando estamos na frente de batalha Ele nos concede a coragem; nos momentos oracionais de contemplação, meditação, louvor, adoração, silencio em sua presença, Ele nos concede sabedoria, entendimento, revelação. Mat. 11,29

Quando nos colocamos em “solidão” e profunda comunhão com o Senhor, ouvimos a sua voz, sentimos o seu grande amor por nós, saímos do medo e da confusão interior. Diante do Senhor todo caminho fechado se abre para nós, todo caminho que é o bom caminho, o caminho do querer de Deus, não o caminho do nosso querer. Deus quer nos orientar, pegar em nossas mãos e como um Pai com seu filho pequeno, nos levar aos melhores lugares. Deus determinou um caminho, uma estrada para podermos nela caminhar e sermos felizes.

Muitas vezes saímos do caminho que o senhor traçou para nós, mas, ao nos abandonarmos em suas mãos, Ele nos capacita a encontrarmos novamente o caminho perdido. Jesus é o caminho, saímos do caminho quando saímos de sua presença, quando deixamos de viver o Seu querer para viver o nosso querer. SENHOR, SE TU QUERES, EU QUERO. Is. 54,7-10

O Senhor guia aqueles que O buscam que aceitam a Sua orientação através da leitura orante de sua Palavra, através do se colocar em sua presença no Sacrário, na oração diária pessoal, na oração comunitária; o Senhor nos orienta através da Sua Igreja. No caminho que o Senhor projetou para nós haverá muitas batalhas, com Ele sempre seremos vitoriosos. Quando andamos no caminho projetado por nós e não no caminho do Senhor, Ele nada poderá fazer por nós.

O Senhor nos agracia com o seu Santo Espírito. Sim, o Espírito Santo de Deus, que habita em nós, deseja realizar em nós uma obra nova, deseja fazer mais por nós, deseja ir além do que até agora tem feito em nós. O Espírito de Deus só pode agir em nós quando damos a Ele toda liberdade para agir livremente em nosso coração, em nosso ser. Ao caminharmos com nossas próprias forças nós estaremos dando abertura ao pecado, saindo do caminho da Santidade. O grande fruto de caminharmos no caminho do Senhor é a Santidade. O Senhor é o Santificador e se humilha pedindo liberdade para agir em nós e nos santificar.

Quando o Senhor realiza sua obra em nós, em nosso coração humano, Seu Espírito gera grandes frutos em nosso interior, frutos estes que fluem de nós e chega a todos que estão ao nosso redor. O homem carnal não pode possuir os frutos do Espírito, apenas o homem Espiritual, conduzido pelo Espírito de Deus. O Senhor nos concede, pelo agir do Seu Espírito, o Amor, a Alegria e a Paz. Estes dons eram naturais em Nosso Senhor Jesus Cristo, porém, extranhos à natureza decaida do homem. O homem nunca poderá produzir estes frutos se eles não vierem do Senhor. Ao permitirmos que o Senhor viva em nós, estes frutos fluirão naturalmente e em abundância. Gal. 5.22,23

“Vinde Espírito Santo...”

Reginaldo Gonçalves


Postar um comentário