sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Me tornei Católico


Estou aqui tornando pública minha decisão, e, sem embomation: Me tornei Católico.
Agora quem desejar pode continuar lendo, rsrs.
Uma das várias razões que me fez deixar o protestantismo é que suas bases não fazem sentido em si mesmas sem a tradição da Igreja. Além disso, observando as doutrinas católicas, vi que são mais bíblicas que algumas doutrinas protestantes (se é que podemos dizer “algumas” desses vários ramos do protestantismo que surgem a cada dia com uma novidade).
Isso se deu principalmente quando comecei a estudar a igreja primitiva e a doutrina católica, e percebi, assim como vários ex-protestantes, que os primeiros cristãos eram mais católicos que protestantes, também que as pessoas criaram vários mitos em relação ao catolicismo.
Sobre a reforma protestante, penso que houve pouca comunicação de ambas as partes. Se hoje, com todos os meios de comunicação disponíveis, ainda há mitos alimentados e falta de comunicação, imagine quando a imprensa nascia?
Ainda não sei responder com toda firmeza algumas perguntas em relação ao catolicismo, não porque não tenha respostas, mas porque ainda não, vamos dizer, as memorizei, pois se deram por conversas e leituras diversas (até mesmo leituras sobre outros assuntos, mas que tratavam indiretamente de questões ligadas).
Nunca imaginaria que iria encontrar a ortodoxia na Igreja Católica. Como certa vez disse G. K. Chesterton, “Tentei criar uma nova heresia; mas, quando já lhe aplicava os últimos remates, descobri que era apenas a ortodoxia.”.
Breve estarei colocando em detalhes o porquê de considerar sem sentido os “fundamentos” protestantes, principalmente a “Sola Scriptura” (o que não quer dizer que deixei de acreditar que a Bíblia é a palavra de Deus), e mostrar que algumas pessoas estão equivocadas sobre a doutrina católica, inclusive alguns ditos “católicos”.
"Não estou sozinho, pois nos últimos anos muitos evangélicos tradicionais converteram-se à fé católica. E o fizeram ainda que o caminho para a Igreja estivesse bloqueado por falsas representações semeadas pela oposição. Isto é seguramente uma graça de Deus, pois sempre haverá oposição para aqueles que quiserem cumprir perfeitamente as palavras de Nosso Senhor. A oposição provém das forças do secularismo, do materialismo, do modernismo e de outras filosofias. Tudo isto rejeita os ensinamentos que são peculiares à Igreja Católica. A Igreja é a pedra pequena predita pelo profeta Daniel, que destruirá a falsa imagem. É a semente que cresce até se tornar uma forte árvore. É o caminho que Isaías profetizou e que os homens não poderão deixar de encontrar. É a casa erguida sobre a rocha." - Robert Ian Wiliams
Testemunho de Jonadabe
Postar um comentário