terça-feira, 26 de janeiro de 2010

INCÔMODO


Tem hora que cansa. Primeiro é este inútil caminho, porém sedutor, que o mundo segue. Depois esse calor que tira a gente do sério. A música e a cultura andam azedadas. E Tem mais: A impressora HP não funciona. A “laser Jet” decidiu que a primeira cópia ela não imprime. Não consegui espirrar desde ontem. Tive que ler no twitter que o padre fulano de tal tomou chá de boldo e comeu churros. Meu filho quase estragou o insulfilm do carro. A Itaipu aliou-se a empresa de telefonia e internet de são Paulo e estão causando uma úlcera em mim. Mas, o pior de tudo é ver o ser humano tomar o rumo de sua própria vida sem perguntar para Deus se é o melhor caminho.
A onda agora é gravar CD e DVD para “o mundo”. O cara compõe uma música para a namorada e tem a audácia de gravar em CD e falar que é para Deus. Falar “te amo, meu amor” e “só você me satisfaz” no meio da canção não quer dizer necessariamente que ela foi feita para Deus. Enquanto isso, pensando ”enganar o mundo” com “músicas mensagens”, acabo passando por ridículo, pois, todas, sem exceção, emissoras de rádios seculares que tocam músicas de bandas e/ou cantores católicos, “na hora” em que se canta o nome de Jesus, elas deslizam bem alto suas vinhetas de propaganda. A utopia católica aliena meu povo.
A incoerência é um dos chicotes mais doloridos da atualidade. Enquanto mega-pregadores que fazem com que um estádio lotado cai em “repouso no Espírito” durante suas orações, os mesmo “bam-bam-bãns” do pedaço, continuam brigando em casa, sendo intolerantes no casamento, alienados na criação de seus filhos.
Ah! Tem hora que cansa. Tem hora que a gente se coloca diante do Santíssimo durante uma boa missa e olha o quanto se “está fazendo tudo errado”. Preocupo-me com todas as formas possíveis de evangelização ou em qual será o valor do meu pró-labore do show do CD que gravei recentemente, mas, a Eucaristia continua do mesmo “jeitinho” em minha vida: sem efeito.
Estou falando de mim. Estou cansado da minha incoerência. Estou farto de olhar para a “capela do meu coração” e ver que tudo está como há cinco anos. Meu casamento amadureceu, meu filho está com as pernas compridas, pessoas que eu amo morreram absurdamente, o país votará mais uma vez para presidente e o Meu Senhor, o Dono de tudo, a Majestade, continua da mesma forma, do mesmo jeito que O conheci há alguns anos atrás.
Tudo é problema para a juventude. A maioria é criada sem conhecer o valor das pequenas coisas. Estão sempre insatisfeitos. Namorados nunca sabem se amam ou não. Claro, cabeça cheia de minhoca. As mulheres colocaram na cabeça que devem se casar antes dos 30. Mas, Deus quer isso para você? Já se perguntou? Que chata que você é. Os homens decidiram que devem descansar após um dia fatigante de trabalho. Devem colocar chuteira, tomar cerveja e chegar tarde em casa para relaxar. Oras quem disse que esta regra é necessariamente uma regra de vida? Ela tem delineado vida em sua vida? Mais chato que uma mulher carente é um homem carente. Carente de Deus. Carente de paz de Espírito. Carente de adoração Eucarística.
Agora surgiu um o clã dos que ficam sorrindo na TV, falando manso e ensinando-nos doutrinas que não são as de Cristo muito menos a doutrina da Igreja. É uma doutrina própria. Criação pessoal baseada em fundamentos pessoais onde o corpo e a mente são mais importantes que o espírito. Irritantes. Além de nos desviarem do caminho, ainda ficam com vãs filosofias. Ah! Se São Paulo ainda estivesse entre nós.
Na Eucaristia O Senhor falou. Alias, Ele não falou… Ele se mostrou. Se mostrou o verdadeiro Deus e verdadeiro homem que não é adorado como deveria. Os mestres em adoração estão desaparecendo da terra. Os teóricos permanecem, mas, os adoradores são tirados da TV e da Mídia. Olhe só: quem realmente fala de Jesus hoje em dia sem falar do seu CD ou do seu audiobook?
Quem ensina nosso povo a amar Jesus? Pare com a incoerência de ler trechinhos de livros de autores espirituais e não ensinar o povo de Deus adorar em Espírito e Verdade. Tenho para mim que quem não sabe ao menos 10 versículos Bíblicos não deve repassar frasezinhas de livros humanos no seu Orkut, blog ou twitter. Você está mamando o resto de leite que seu irmão tomou ao invés de descobrir a sua leiteria.
Que droga. Falei, falei, falei, mas falei de mim. Eu sou isso tudo. Eu tenho que correr atrás do meu prejuízo. E ou sou muito teórico. A missa do Padre Daniel me mostrou isso. Agradeço a Deus por revelar-se afetiva e efetivamente. Se minha mãe me falasse tudo isso diante do Sacrário, diria para mim: “toma vergonha na cara, menino… os incomodados que se mudem”… Está corretíssima minha mãe… vou mudar. Tenho que mudar.
“Uns põem sua força nos carros, outros nos cavalos. Nós, porém, a temos em nome do Senhor, nosso Deus”. (Salmo 19,8).Salmo lido durante o programa “Em Tua Presença, da noite de 12 de novembro de 2009. Viram como eu presto atenção nos dons que meus irmãos têm?! São os dons da minha comunidade.
Silvinho Zabisky, fundador da Comunidade Beatitudes
Postar um comentário