terça-feira, 10 de novembro de 2009

Dominação do imaginário: Propagandas, novelas.

Assim vimos que a dominação do imaginário toma conta das crianças pelos desenhos animadas e revistas em quadrinhos, também toma conta dos adultos pelas novelas e propagandas.
Logo cedo vemos começar os desenhos e são poucos os canais oferecendo uma programação cristã, ou de ensino para viver na sociedade, note, durante o horário da manhã quase não passa propaganda, por que os muitos dos consumidores estão trabalhando, a televisão durante o horário da manhã é só para seduzir as crianças, depois mais tarde um pouco por volta do meio-dia está iniciando as propagandas, telejornais as novelas.
A propaganda é uma estratégia em massa para levar as pessoas ao delírio do consumo, em apenas 30 segundos consegue induzir os telespectadores, por trás de cada uma que vemos, tem uma grande estratégia de marketing, querendo seduzir e levar a ilusão, ela acontece até nas novelas com merchandising, para querer incutir em nossas mentes o desejo de consumir algo que os artistas ou atores usam, assistindo as telenovelas sempre aparece um frasco de perfume ou produto de beleza, roupas, jóias, que fazem muitos dizerem eu quero igual a esse.
Os empresários investem constantemente nas propagandas e principalmente em novelas, pois sabem do grande efeito que causam na mente e na vida dos que assistem. Quando lemos um bom livro aquilo estimula a nossa criatividade, e, além disto, podemos parar e retornar as páginas quando bem quisermos; e o nosso censo crítico ficara mais apurado, pois posso dar minha opinião. Já a televisão não, os sons e imagens entram de forma contínua, registrando no consciente, subconsciente ou inconsciente, assim os registros ruins poderão voltar em momentos de fragilidade.
Como nas novelas e filmes, existem uma diversidade de personagens com diversos papéis, que leva a muitos a negar-se para querer ser um personagem, trocando até suas identidades, para assumir as reações, maneiras de relacionar-se, assim ela torna-se anti – evangélica, por que está vivendo humanamente, tudo baseado nos frutos da carne. (CF.GAL. 5).
Portanto assim acontece um processo inconsciente, que muitos se negarão para atingir os padrões que as novelas, propagandas e filmes exercem sobre nós, isto podemos dizer que é uma escravidão, que foi uma dominação realizada através do imaginário, virando pessoas consumistas, que só buscam a luxúria, que idolatram o dinheiro, esquecendo Deus, por que é isso que os meios de comunicação em massa fazem na vida de muitos. Não estou querendo dizer que você deve deixar de assistir TV, mais sim ter um olhar amplo e assistir somente o que é para a sua edificação, é bom sempre ver um jornal para não virar um alienado, chega de fantasias: novelas e fimes( que não edificam).
Portanto deixemos de lado as novelas, filmes, para ler um bom livro cristão, pois, os livros cristãos além de ensinar como ter uma vida santa, ensinam a viver em sociedade, e enquanto você viver no mundo do imaginário, será enganado sempre vivendo a ilusão do encardido. E que a palavra de Deus seja o nosso referencial, formando o nosso censo critico, para definir o que é Dele e o que não é, e permanecendo Nele, a luz expulsará todas as trevas, pois o Senhor será a tua luz e salvação. (Cf.Sl 26 ). Procure

Abraços em Cristo.
Com Deus até o Fim Mesmo Sem Entender( Silvinho Zabisk).

Diego Tales
Postar um comentário