sábado, 12 de fevereiro de 2011

Você tem sido sincero?

“O SENHOR é justo em todos os seus atos e fiel em tudo o que faz. Ele está perto de todos os que pedem a sua ajuda, dos que pedem com sinceridade. A todos os que o temem dá o que é necessário; ele ouve os seus gritos e os salva da morte” (Sl 145, 17-19).
Quantas coisas passam pela cabeça das pessoas durante desafios e dificuldades que enfrentam! E não é raro ouvirmos alguns dizerem que Deus os abandonou. Há inclusive pessoas que questionam porque Deus as está tratando com desprezo. Mas o próprio Deus compreende esses desvarios humanos quando partem de um coração ignorante de Sua Palavra.
Veja bem o que nos apresenta esse trecho do Salmo 145. Observe como o Espírito de Deus está afirmando que o Senhor é muito próximo dos que O invocam com sinceridade.
Na relação da pessoa com Deus existem os segredos e particularidades próprios de cada um. Ninguém pode julgar o agir de Deus com base no que vê externamente, e ninguém pode exigir de Deus ser tratado como O vê fazer com outro porque a relação é pessoal e intransferível.
Sem dúvidas que o Senhor Deus tem bênçãos para todos e não faz distinção de ninguém, mas não pode agir com todos igualmente, porque isso implica na parte humana desse relacionamento.
Por exemplo, se você vê até mesmo uma pessoa que andou servindo a Deus estar em difícil situação e aparentemente abandonada, não pode pensar: “Nossa, mas é assim que o Senhor trata Seus servos!?” – porque na relação pessoal com Deus, só o Senhor sabe por quais caminhos realmente tem andado aquela alma.
Deus deseja socorrer-nos constantemente e atender ao clamor de nossa voz, mas isso implica na sinceridade com que nos relacionamos com Ele. A passagem do Salmo inicia dizendo que o Senhor é justo e fiel e isso em todos os Seus atos. Pois bem, Ele está sempre pronto ao perdão e à bênção, mas não pode compactuar com o que anda nas trevas e não procura corrigir seus atos, não pode também abençoar a falta de verdade e de sinceridade.
Todos nós sabemos como é penoso tratar com uma pessoa que não é sincera. Muitas vezes há até mesmo coisas graves que podemos perdoar se aquele que nos ofendeu se apresenta com sinceridade e verdadeira mudança de vida. O mesmo ocorre na relação com Deus. Ele sabe que somos pecadores e sabe de nossas fraquezas, mas sabe também que, se ouvirmos atentamente Sua Palavra, podemos nos voltar a Ele com sinceridade e com um coração rendido, porque isso está em nossa liberdade e ninguém pode nos impedir.
O pecado e o erro são cometidos porque trazem algum prazer; Deus também sabe que sentimos isso, mas se somos capazes de, por amor a Ele, superar outras coisas e buscá-Lo com sinceridade, Ele nos dará a vitória completa sobre a situação e pecado gerados. Ele nos socorrerá ao gritarmos e nos salvará por completo.
Precisamos fechar portas e ter a coragem de nos apresentar diante de Deus com sinceridade. Sejamos verdadeiros e a bênção não tardará a chegar. Confessemos nossos pecados e nos rendamos uma vez mais a Jesus. O inesperado acontecerá, tenha certeza disso.
Em Cristo,

Sandro F. Peres
Comunidade Fanuel
Postar um comentário