sábado, 18 de setembro de 2010

M.I.S.S.A. – O Evento que Satanás Inventou Para Zombar do Sagrado Rito Católico

Creio que você conheça a SANTA MISSA: Ato solene com que os católicos celebram o sacrifício de Jesus Cristo na cruz, recordando a Última Ceia.

E a M.I.S.S.A?
O que vemos hoje é uma total degradação do sentido do que é sagrado. Prova disso são as tentativas sutis e no mínimo lastimáveis de tentar ridicularizar ou diminuir o valor da Santa Missa, que é a liturgia de maior valor para nós católicos. Lembro aqui no nosso GRAVE dever de divulgar esta informação e reafirmarmos nosso compromisso de DEFENDER e TESTEMUNHAR nossa fé e nossa postura diante de mais uma investida de Satanás e do mundo, que desconhece o amor de Deus.

O “Evento” chamado M.I.S.S.A (MOVIMENTO dos INTERESSADOS em SACUDIR a ALMA) trata-se de uma balada que em NADA tem a ver com a Igreja Católica ou algum movimento. A festa já foi realizada em diversos estados e agora chega à Fortaleza, segundo noticia alguns sites focados na divulgação de eventos na capital.

Veja o Vídeo:

Com frases do tipo, “é um pecado deixar de ir”, “reze pra chegar logo”, “quem disse que ninguém te chama?” e “domingo é dia de missa”, ou então, “cansei da night, agora só vou pra missa.” a organização do evento ultrapassa a linha do respeito que é devido às manifestações religiosas.

O evento é uma balada, por sinal visitada por muitas celebridades, que é um dos aspectos que tem chamado a atenção e tem causado o grande frisson e repercussão do mesmo. Tocam várias bandas regadas por arranjos eletrônicos. O ridículo é que: após as bandas, inicia-se um espetáculo de cores e som eletrônico com o DJ Residente da MISSA (O Papa), Dj Tartaruga, tocando seu set MIXTURADO, bem democrático, sem preconceito de estilos musicais, emocionando o público de várias gerações e sacudindo a alma de todos. O evento ainda conta com mulheres vestidas de freiras recepcionando os convidados e entregando brindes, os famosos anões de anjinho, diabinho e outros personagens surpresa.

Entre todas as ridicularidades, as edições desta balada conta com o PAPArazzo, um fotógrafo vestido de Papa que tira fotos não pousadas, bem ao estilo paparazzo, dos convidados em várias situações e depois as fotos ficam expostas num mural para as pessoas levarem para casa como recordação da MISSA.

Segue abaixo alguns dos cartazes de divulgação desse absurdo de eresia…

Fonte: Repórter de Cristo

Postar um comentário