quinta-feira, 24 de junho de 2010

HOMOFÓBICO, EU? QUE REZEM OS GAYS.


O mundo faz bem a sua lição de casa. Incoerência é com ele mesmo. Nunca vi igual. Por isso temos tantas diferenças (o que me afasta e muito dele).

Agora os neuróticos do mundo resolveram falar que católicos são homofóbicos, que não gostam de gays e tem preconceitos. "Áras".

Homofóbico é quem faz piada de gay em rede nacional. Isso é ser homofóbico. Homofóbico são alguns os donos de festas "rave" que vivem prostituindo-se com os gays. Homofóbicos são jogadores de futebol, médicos, engenheiros, políticos que saem na noite em busca dos gays. Isso para mim é ser homofóbico. Só quem tem muita raiva de um gay faz o que faz com eles.

Agora, falar que eu sou homofóbico porque não concordo com as atitudes dos gays é demais. Então eu também sou "fígado-fóbico" porque não gosto de bife de fígado. Sou "alface-fóbico" porque não gosto de alface. Sou "martinho-da-vila-fóbico" porque ninguém consegue me fazer escutar as músicas deste cantor.

Quer dizer que eu nem posso afirmar que os gays são doentes? Posso sim. Eu sou. Todo homem é. Toda mulher é. Estes meus irmãos não são diferentes de mim. Precisam ser curados por Jesus da mesma forma que eu. Se deixarão de ser gays ou não este não é problema meu. Mas que precisam de cura interior, isso nem discuto.

Tenho tantos conhecidos gays. Abraço-os com a mesma facilidade de que abraço minha esposa e meu filho. Prefiro abraçar homossexuais do que alguns políticos e lideranças religiosas. Não tenho medo dos gays. Mas terei medo deles se não aderirem ao Senhor.

Deus quer os gays, como quis os não-gays, como quis homens e mulheres, crianças, prostitutas. E uma só Palavra do Senhor e a vida destas pessoas foram mudadas, transformadas, aliviadas. Todo gay só se encontra como ser humano verdadeiro na Misericórdia de Jesus. Por isso eu quis escrever este post. Para chamar os gays a chegarem mais próximos de Jesus.

Que rezem comigo os gays.

"Senhor, eu sou gay. Tenho minhas limitações, minha emoções e minhas convicções. Queria neste momento, Senhor, conhecer Tua Misericórdia para comigo. Peço-Te que invadas meu coração e minha mente, e cure minha humanidade para que seja feliz e esteja em paz. Quero ter paz comigo mesmo. Porém, preciso descobrir a Tua Paz. não a Paz do mundo que eu vivo, mas a Paz que vem de Ti. Tu me amas, Jesus, como nenhuma outra pessoa me amou. Tu tens o amor gratuito por mim. Não me cobras nada. Nem mesmo eu sei dar algo de valor. A não ser o que sou. Toma o que sou, Jesus. E reconstrói em mim a Tua humanidade. Dá-ma a força do Teu Espírito Santo para que eu seja restaurado e abençoado. Renova-me com a força do Teu amor. Não quero ter rótulos. Não quero ser aquilo que meus pais disseram que eu sou. Sou mais que os olhares das pessoas que passaram sobre mim. Eu sou aquilo que Tu vês, Jesus. Jesus! Jesus! Jesus! Fonte da minha vida, eu confio em Vós. Amém".

Silvinho Zabisky

Comunidade Beatitudes
Postar um comentário