Social Icons

twitterfacebookgoogle plusemail

domingo, 14 de dezembro de 2008

Ser jovem cristão, é ser exemplo.


“Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza”. I Tm 4:12


Juventude é tempo de alegria, de planos e de projetos para o futuro. Ser jovem é sinônimo de vida, de disposição para o trabalho e força para enfrentar os desafios. Ser jovem cristão é usar tudo isso para Deus, em prol do engrandecimento do seu Reino.
Gostaria de nessa palavra, me dirigir aos jovens do Brasil E Rio grande do norte, para incentivá-los a colocarem as suas vidas à disposição do Reino de Deus. Para que isso seja uma realidade em nossas vidas, muitos desafios virão. Com certeza o inimigo de nossas almas não fica satisfeito quando um jovem ou um adolescente toma a decisão der ser fiel ao seu Senhor. O desafio de ser DIFERENTE não é fácil de ser vencido. Ser diferente engloba vários outros aspectos da vida: Ser CRITERIOSO, SÓBRIO, PURO e entre outras situações, se enquadrar dentro do modelo que é mencionado no versículo citado no início deste texto. Normalmente, pensa-se que o jovem não foi chamado a assumir nenhuma responsabilidade. Todavia, a Bíblia nos mostra que não é bem assim. Tome-se como exemplo o jovem Timóteo.
Qualquer jovem pode ser usado por Deus, basta querer ser desafiado a colocar sua vida em função do Reino de Deus. Não se preocupe se você não se vê como a pessoa mais indicada para fazer este ou aquele serviço na obra de Deus. A Bíblia diz que é Deus quem nos capacita para fazer a sua obra. Portanto, Deus só que ouvir de cada um de nós o que disse o profeta: “eis aqui Senhor, envia-me a mim”.
Portanto, Jovem, deixa Deus te usar! Deixa Deus te mostrar o que Ele é capaz de fazer com uma vida que se põe à sua disposição, entrega-te também ao colo da virgem Maria ela que se lançou nos braços jovem para trazer a salvação do mundo.

“Seja jovem sem deixar de ser santo”
Abraços 
Diego Tales.

Por favor não retirem os créditos do texto.
Deus Abençoe.
Postar um comentário